Pular para o conteúdo principal

E o juiz apita o fim do jogo: Este blog chegou ao fim.

Bala na Cesta??? Comentários às escuras...

No dia 23 de novembro, foi postado no Blog de um "comentarista esportivo" (balanacesta.blogspot.com) um texto referente ao jogo entre Botafogo-RJ x São Caetano-SP pelo Campeonato Nacional Feminino de Basquete 2009.

O texto é ideal para os professores de jornalismo e profissionais da área terem a noção do que não se deve e como não escrever em qualquer meio de comunicação.

O Jornalismo ou o simples ato de "escrever/comentar" esportes em mídias, deve levar ao leitor a real noção do que se passou de forma simples e objetiva, deixando ao máximo as opiniões do escritor/comentarista de lado.

O que se vê nos comentários do blog "Bala na Cesta" é a falta de conhecimento ou simplesmente o ponto de vista completamente pessoal sobre o assunto basquete. Na verdade, lendo as demais matérias, pode-se perceber a tristeza e frustração de alguém que viveu o basquete em algum momento e vê o basquete hoje como esporte no fundo do poço.

Não seria mais bonito comentar sobre a falta de estrutura à pratica o desporto no Brasil e dar seu ponto de vista sobre como melhorar? Aí sim seria a forma correta de expor sua opinião...

Enfim, espero que todos utilizem o texto "Às escuras", datado do dia 23 de novembro de 2009 e presente no blog Balanacesta.blogspot.com como exemplo claro do que pode causar o ato de escrever um texto sem base alguma e com um ponto de vista frustrado e completamente pessoal. E o que pode causar? Pode denegrir todo um trabalho e fazer uma pessoa ou profissional perder o que de mais importante o escritor/comentarista tem: SUA CREDIBILIDADE!

Se quiser criar um blog e expor sua opinião, seja sempre coerente e consciente!

Comentar esporte é algo que requer amor, seriedade e imparcialidade. Além do mais deve-se aceitar quaisquer manifestações em relação ao que se escreve, seja bom ou não. E isso vale para qualquer coisa na vida: nunca "delete" o que falarem de você e/ou para você. Tire coisas positivas e aprenda com isso!

Então, ao comentarista do Blog em questão, meu pesar por seu muito infeliz ato de expor de forma errada seu ponto de vista!!!

Comentários

  1. realmente jornalista acima de tudo tem q ter ética e repeito!!

    ResponderExcluir
  2. Tem que ser ético e como o Eduardo Pontes, carioca e defendendo o time carioca!!!

    ResponderExcluir
  3. Tem que ser ético igual ao eduardo pontes: defender o time do coração e não saber que blog é um local em que o autor do mesmo (do blog) pode se expressar da maneira que achar melhor.

    Além disso, edu, deixe-me esclarecer: o rapaz, que mal conheço, mal citou o botafogo. ele reclama do nível técnico e da cbb.
    está bem claro isso lá.

    mas é preciso ler sem coração de torcedor. isso sim se chama ética.

    abraços, saulo.
    para que você saiba: sou botafogo mais do que tudo na vida.

    ResponderExcluir
  4. o Blog é um lugar para se escrever o que quer sim, mas a partir do momento em que o dono quer passar informação séria ele deve ser ético.

    Quanto ao autor do outro blog, ele citou o botafogo e ainda passou aos leitores, de forma completamente erronea, a informação dando a entender que o clube não teria estrutura para estar disputando o campeonato. Além do mais, usou a CBB apenas como comparativo e "trocadilho" ao se referir à falta de estrutura.

    Fiquei chatedo sim mas não pelo fato de ser O Botafogo o clube em questão, mas sim pela informação conturbada que foi passada. Como disse anteriormente, se quer fazer algo sério, tem que ser feito de forma correta!

    Agradeço seu comentário! Um abraço e volte sempre!

    ResponderExcluir
  5. eduardo, que trocadilho? não peguei essa.

    eduardo, vc está confundindo informação com opinião.

    informação é informação, e o q o menino quis passar é a opinião dele dos fatos. errada ou certa, é a opinião dele. simples assim, amigo. e opinião cada um tem a sua. pelo q vejo, ele acompanha o basquete feminino legal. e vc? qtos jogos e treinos já foi assistir?

    o cara incomodou a sua ferida, e vc, mesmo sem conhecimento de causa, foi tomar as dores...

    amigo, o botafogo n tem condição de disputar o nacional mesmo. sabe onde elas treinam? qtas vezes por semana elas treinam? mal academia tem! e a quadra?

    vc tá ficando cego de amor. um amor alvinegro. jornalismo, q vc apregoa, é ir além da paixão.

    certo?

    abs, saulo

    ResponderExcluir
  6. eduardo, saulo novamente.
    quiser é com s. corrige lá.

    aliás, pq vc colocar o menino como "comentarista esportivo" entre aspas? pra que isso?

    aliás: em "O Jornalismo ou o simples ato de "escrever/comentar" esportes em mídias, deve levar ao leitor a real noção" não há vírgula entre mídias e deve levar.

    noto que você nunca falou de basquete aqui. pq?

    abs, saulo

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. 1-a postagem acima era a minha e a retirei pra reescrever...

    2-Saulo, se ele acompanha basquete legal parabéns pra ele...

    3-quantos jogos ou treinos fui assistir? um número significativo...

    4-o cara não incomodou minha ferida e não tomei dores sem conhecimento

    5-se vc acha que o botafogo não tem condições de jogar o brasileiro, esse é o seu ponto de vista.
    Quanto a onde elas treinam, quantas vezes e informações sobre a quadra... sei sim!

    6-não estou ficando cego, apesar de usar óculos..rs (pra descontrair)

    7-quanto às correções gramaticais ou de acentuação, obrigado pelo conselho. Depois efetuarei as devidas correções.

    8-e quanto a nunca ter falado de basquete.... já falei sim.

    Obrigado pela presença e pelos comentários. grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…