Pular para o conteúdo principal

JUSTIÇA FEITA AOS GOLEIROS: FIFA PROÍBE A PARADINHA

Rio de Janeiro, 18 de maio de 2010.

Depois de muito se falar e questionar a famosa, odiada pelos goleiros e alegria dos atacantes, "PARADINHA" a FIFA, em reunião da International Board em Zurique(SUI) nesta terça-feira, a proibiu.



O jogador que realizar o movimento de chute e não o fizer será punido com o cartão amarelo. De acordo com a FIFA o jogador pode somente efetuar uma parada no ato de correr em direção à bola, porém antes de chegar até a mesma.

Essa decisão é elogiada por muitos amantes do futebol e com certeza por todos os goleiros que sofriam há muito tempo com este ato que penalizava ainda mais o goleiro, que se preocupava duas vezes mais com o batedor.

Agora sim vamos ver quais os jogadores sabem cobrar penalidades. Cobrar um penalti sem paradinha requer domínio das valências físicas e técnicas (domínio do corpo, espaço, tempo, fundamentos do esporte praticado, etc), valências essas que todos os "jogadores" profissionais deveriam ter (afinal ganham pra isso) , mas infelizmente, no Brasil, muitos jogadores demonstram não ter condições de jogar por um clube profissional.

E agora? Escolinha de futebol neles para aprender o básico: dominar, passar, lançar, se posicionar e finalizar. E pensar que a maioria dos jogadores ganham milhares de reais para não fazer algo que muitas crianças em escolinhas e em ruas do Brasil e do mundo sabem fazer.

Eduardo Pontes.

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Vamos parar e pensar, quando vemos um penalti, já imaginamos logo que vai ser gol, independente de ser a favor do nosso time ou não. Agora com essa paradona então é a maior covardia.
    Já é difícil de um goleiro pegar um penalti e quando pega, é porque o cobrador bateu mal, porque não existe penalti bem batido que goleiro pegue (Do tipo quando a bola bate na rede lateral ou quando vai no ãngulo).
    Gostei muito dessa atitude da Fifa, já que jogador quer fazer gol de penalti, que bata bem na bola.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!