Pular para o conteúdo principal

BASQUETE BRASILEIRO E BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS - EXEMPLOS DE GESTÃO ESPORTIVA

Gestão esportivaA administração, organização, marketing, economia, legislação aplicável e economia que são usados e estejam relacionados com as práticas esportivas e atividades físicas. 

É incrível o que uma troca de gestão pode proporcionar ainda mais quando esta gestão é esportiva.

Clubes, seleções, projetos, modalidades esportivas e afins podem ser muito bem sucedidas ou não em suas metas e planejamentos e isso está diretamente ligado à gestão dos mesmos.

Hoje, lendo o meu jornal matinal li a seguinte notícia: "Basquete brasileiro é Campeão Sul-americano" e isso, automaticamente, me fez lembrar e "analisar" a evolução deste desporto desde que houve a saída de Gerasime Grego, ex-presidente da CBB - Confederação Brasileira de Basquete.


De dois anos até os dias de hoje, com a criação do Novo Basquete Brasil - NBB, o basquete no Brasil ganhou mais visibilidade, credibilidade e isso trouxe não só patrocinadores, como também trouxe novos ares aos praticantes do desporto, aos atletas, aos clubes e também à Seleção Brasileira de Basquetebol.


A NBB ou LNB (Liga Nacional de Basquete) "surgiu da união dos principais protagonistas do basquete nacional, com o objetivo de reconduzir o esporte ao posto de segundo mais popular do Brasil, atrás apenas do futebol. Baseada no que há de mais moderno e bem-sucedido no conceito de gestão esportiva no mundo, a LNB traz ao País a ideia consagrada pela NBA: uma liga independente, gerida pelos próprios clubes". 

Sabemos que ainda há muito o que melhorar, mas a mudança na forma de gerir o basquete já rende frutos: maior visibilidade e consequentemente maior número de adeptos do esporte, fato que aumenta o consumo de produtos voltados para este segmento e com isso torna o esporte um bom investimento para empresas e produtos obterem visibilidade e alcançarem suas propostas de MARKETING. E é isso que o Basquete precisa: PARABÉNS, NOVO BASQUETE BRASIL! Exemplo de gestão de sucesso.


BOTAFOGO DE FUTEBOL DE REGATAS TAMBÉM É UM EXEMPLO DE GESTÃO ESPORTIVA

O clube Botafogo de Futebol e Regatas é um outro ótimo exemplo de gestão esportiva, e um ótimo exemplo para o país.

Desde que Maurício Assunção assumiu a presidência do Botafogo, juntamente com Miguel Ângelo da Luz como Diretor de Esportes Olímpicos, o clube evoluiu muito.

O clube passou a investir não só em estrutura como também em suas divisões de base e esportes olímpicos. 

No futebol, os atletas de todas as categorias voltaram a ter prazer em defender as cores do Alvinegro Carioca que investe não só no trabalho técnico, tático e físico do esporte como também na educação e acompanhamento dos atletas.

Nos esportes olímpicos, como basquete, natação, pólo aquático e afins, a filosofia é a mesma: Investir na base é pensar no futuro do clube, onde é fundamental uma base sólida que reflete a seriedade de um trabalho campeão.

O RESULTADO: O Botafogo de Futebol e Regatas é figura constante na mídia esportiva em todas as categorias, cedendo atletas para as seleções regionais e Seleções de base de diversar modalidades. 

Atualmente a convocação do goleiro Jeferson para a Seleção Brasileira principal, a atuação de Loco Abreu (atacante do time alvinegro) na seleção Uruguaia e as conquistas de outros desportos como Futsal, Basquete, Natação, Pólo Aquático, Voleibol e Remo, trazem visibilidade e essa traz retorno. 

Marketing direto e que beneficia o clube em relação à obtenção de patrocínio, venda de produtos e solidificação absoluta de sua imagem. 

Neste caso a FILA, Bozzano, Neo Química Genéricos e demais patrocinadores só tem a ganhar. (A FILA ganha grande destaque não só pela visibilidade nos uniformes como também pela qualidade e viabilidade financeira dos produtos)

Que tanto o basquete nacional quanto o Botafogo de Futebol e Regatas sejam exemplos a serem seguidos por outros clubes e modalidades esportivas para que o país possa solidificar ainda mais o esporte a ajudar a crescer uma área muito importante e da qual nós, ligados ao esporte, precisamos e ainda ouviremos muito falar: MARKETING ESPORTIVO.

O Brasil precisa de gestores de verdade e não de torcedores à frente de clubes: Parabéns Maurício Assunção e Miguel Ângelo.


SIGA no Twitter: @Edu_pontes , @FilaBR , @NBB_Noticias , @BotafogoOficial , @CBB_basquete, @GloriosoBFR

Comentários