Pular para o conteúdo principal

DESPORTOS BRASILEIROS COMO FUTEBOL FEMININO ESBARRAM NO MESMO PROBLEMA: FALTA DE VISÃO E CORAGEM NO MARKETING ESPORTIVO

Cada dia mais o futebol feminino vem se destacando no cenário nacional.

Um grande responsável por este crescimento é o Santos Futebol Clube que mantém desde 1997 o time que em 2009 foi sensação pela conquista da Copa do Brasil e Copa Libertadores da América de Futebol feminino e contava com a presença de Marta e Cristiane entre as "Sereias da Vila".

Apesar deste crescimento o futebol feminino continua muito aquém das espectativas.

Existem muitas mulheres boas de bola e que jogam futebol até melhor do que muitos homens, porém não há muitas oportunidades pelo mesmo motivo que outras modalidades esportivas sofrem dificuldades no país: A falta de visão e coragem dos profissionais de marketing em apoiar o esporte.

Muitos sabem sobre as vantagens de associar a marca/produto ao esporte. O trabalho que o profissional de marketing terá é o de pensar, coisa que nem todos fazem, em soluções e um planejamento que faça esta parceria alcançar os objetivos do patrocinador.

O marketing esportivo pode ser associado à ecologia, ações sociais e infinitas formas de dar destaque ao patrocinador e clube/atleta/esporte.

Até quando o país rico em atletas de talentos de várias modalidades esportivas e rico em oportunidades para aplicar o marketing esportivo irá viver de conceitos antigos?

Falta coragem para apostar em uma idéia desde sua criação até torná-la um sucesso. 

O medo de arriscar faz com que empresas e profissionais de marketing deixem boas oportunidades escaparem. Nesse ramo, ter visão e coragem fazem toda a diferença.


"O único homem que está isento de erros, é aquele que não arrisca acertar." - Albert Einstein 

"É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se a derrota, do que formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota." - Theodore Roosevelt

Comentários