Pular para o conteúdo principal

LIGA FUTSAL 2010: Poker/PEC empata na raça e está a uma vitória das quartas


O único representante carioca na Liga Futsal 2010 recebeu em sua casa a equipe de Carlos Barbosa.

O time petropolitano mandou na partida durante todo o jogo e mesmo tendo saído atrás no placar, não se abalou e mostrou buscou o empate.

O primeiro tempo acabou e assim que a bola rolou para a segunda etapa, o Poker mostrou a Raça da equipe da região serrana do Rio de Janeiro.

Infelizmente a equipe de Carlos Barbosa, em contra ataque, chegou a ter 2 gols de vantagem, mas aí entrou em ação o nome do jogo para o PEC: Bruno. Ele, assim como Vander Carioca, carimbou a trave, porém teve mais sorte e marcou o primeiro gol do PEC na partida.


A raça continuou e a equipe chegou ao empate com Andrey: 2 x 2 no placar a 38 segundos do fim da partida.


A jogada crucial e que não foi marcada a 5 segundos do fim do jogo: Vander Carioca iria receber cruzamento dentro da área adversária, recebeu uma "gravata" e caiu, não podendo assim completar para o gol. A arbitragem nada marcou e a partida chegou ao fim com o placar empatado.


Agora resta ao Poker uma vitória simples fora de casa para que avance nos playoffs. E hoje a equipe mostrou que é possível, muito possível sair de lá com a classificação.


Destaque do jogo foi o jogador Bruno do Petrópolis que marcou o primeiro na reação carioca e deu trabalho para a defesa adversária.

Quem foi muito mal foi a arbitragem que deixou de marcar algumas faltas a favor do PEC, como o penalti em Vander Carioca. Percebe-se que a arbitragem tem pego no pé de Vander, lhe dando, indiretamente, fama de cai-cai. Regras são regras e cabe aos xerifes da partida se ater a elas, não prejudicando nenhuma das equipes da liga futsal. A arbitragem tem cometido muitos erros em todas as partidas.

Comentários