Pular para o conteúdo principal

Marta se torna maior atleta da história do futebol, mas título não significa nada no Brasil

Futebol Feminino: Investir no Esporte é Investir em Responsabilidade Social

O futebol feminino vem crescendo no país do futebol e sites especializados no assunto como o Futebol Feminino Profissional e o blog das atletas Laylla e Fabiane ( Uma vida com Futebol ) noticiam peneiras e campeonatos em todo Brasil, além de muitas outras notícias sobre o assunto.

O surpreendente é que, apesar deste visível crescimento, ainda existe muita dificuldade na aquisição de apoio e patrocínio.

O futebol feminino é uma grandiosa modalidade com cerca de 1.500.000 (um milhão e quinhentas mil) atletas praticantes. E onde estão as empresas de produtos para a mulher como cosméticos, higiene pessoal, saúde e bem estar que não enxergam o potencial deste 'mundo feminino da bola'?

Apoiar este esporte não é apenas investir em marketing e calcular o quanto de lucro será obtido. É estar investindo na socialização e inclusão de muitas meninas e mulheres que buscam um futuro melhor. 

"INVESTIR NO ESPORTE é investir em RESPONSABILIDADE SOCIAL!"

Quem trabalha no ramo conhece a realidade de meninas sem uma estrutura familiar, sem estrutura financeira e que vêem no esporte a possibilidade de algo melhor, de sentir-se bem. 

Meninas que não tem dinheiro para comprar uma chuteira, que passam meses a comer angu (massa espessa, geralmente de farinha mandioca ou de milho, frequente na cozinha brasileira) por não ter outra opção, e que precisam do esporte.

Até quando o país de Zico, Garrincha, Leônidas da Silva, Romário, Ronaldo, e muitos outros, vai deixar nossas 'Martas, Cristianes, Fernandas, Fabianes, Cristinas e Joanas' lutarem 'sozinhas'?

Por sorte existem pessoas que acreditam e se esforçam muito para tentar, mesmo com dificuldade, em levar o Futebol Feminino Brasileiro a novos rumos e patamares como Leonardo Allevato, Amadeu Vieira, Alexandre Amaral, Laylla e Fabiane, dentre outros (@Band_SP, @BombrilOficial).

Parabéns às atletas, treinadores, clubes e raras empresas que se empenham, investem e ajudam nessa busca por um futuro melhor do esporte e na vida de tantas meninas e mulheres brasileiras.

"Para muitos o esporte é muito mais do que um jogo, é a chance de recuperar a dignidade e confiança na busca por dias melhores!" - Eduardo Pontes

@Edu_pontes @leoallevato @layllamariana @Biane_1309 @FutFemininoPro @Band_SP, @BombrilOficial

Comentários

  1. Edu, nos do blog uma vida com futebol gostariamos de agradecer nao so a iniciativa de estar apoiando ao fut fem e a troca de nada como tambem de estar sempre nos dando um grande suporte!!Pessoas com iniciativas assim que engrandecem o nome do futebol feminino!!Obrigado pelo apoio de sempre, beijos Laylla e Fabi

    ResponderExcluir
  2. E meu amigo, o gigante da indiferença esta tentando desanimar a todos nós que acreditamos e sabemos que o futebol feminino é e será sempre um meio de socialização e integração, independentemente das cobiças e fortunas que são totalmente ligadas ao futebol masculino. Nunca vou deixar de acreditar nas pessoas que lutam assim como nós que trabalhamos sem ganhar nada. Mais o que me deixa muito feliz é quando o nosso é reconhecido, e vemos as meninas motivadas com sorrisos lindos, sabendo que estamos com elas sempre. Um abraço meu amigo, e até sábado no próximo treino.

    Técnico Alexandre Amaral.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…