Pular para o conteúdo principal

Futebol Feminino: A Preparação Precária Seleção Brasileira - Reflexo da Má Gestão da CBF?

O grande assunto entre as atletas, os profissionais e as pessoas que acompanham o futebol feminino é a preparação da Seleção Brasileira para o mundial da Alemanha 2011.

O Brasil não disputou nenhum amistoso e conforme declarações do técnico Kleiton Lima, a Seleção canarinho "não irá realizar nenhum amistoso nesta primeira fase de preparação".

A seleção americana já marcou cerca de 11 amistosos nessa caminhada rumo ao mundial, além de ter participado do Mundialito de Futebol Feminino, em Portugal.

A pergunta é: a que se deve essa diferença na preparação?

A resposta é simples: falta de gestão e consequentemente a pouca importância do futebol feminino no Brasil por quem deveria fazê-lo 'caminhar', a CBF.

Não existe um planejamento anual, até porque mal se tem apoio da própria Confederação Brasileira e das Federações a esta modalidade! São poucos campeonatos estaduais, poucas equipes e muitas atletas de qualidade e com muita força de vontade e abandonadas.

Por que não criar: projetos sociais de futebol feminino, centros de formação de atletas, campeonatos estaduais e nacionais fortes? 

Isso é o básico que se espera de uma boa gestão esportiva. Pensar em favor da modalidade, da sociedade e das atletas e profissionais que dela vivem (ou tentam). Saber que quanto mais visibilidade a modalidade tiver, maiores serão os benefícios para esta gestão, maiores serão os patrocinadores interessados, e muitos outros benefícios virão!

Hoje o futebol feminino no Brasil vai ganhando maior visibilidade, porém isto só ocorre graças a blogs, twitters e facebooks das pessoas que realmente se importam com o esporte.

Machismo total apoiando apenas o futebol masculino? Até quando a CBF vai negligenciar o Futebol Feminino? 

De fato parece machismo sim e se depender da CBF a resposta para o quando vai parar de negligenciar o futebol feminino, provavelmente será: "AINDA POR MUITO TEMPO", mas são pessoas como nós que farão a diferença (e já fazem) em prol da modalidade com um dos maiores potenciais sociais e comerciais do país!

Comentários

  1. ISSO É UMA VERGONHA PARA UM PAÍS QUE TEM A MELHOR DO MUNDO POR 5 VEZES SÓ NO BRASIL QUE ESSAS COISAS ACONTECE UM BANDO DE MACHISTA QUE NÃO SUPORTA VER O SUCESSO E COMPETENCIA DA MULHER

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!