Pular para o conteúdo principal

E o juiz apita o fim do jogo: Este blog chegou ao fim.

Uma Retratação Sobre Calendário com Atletas de Futebol Feminino do Santos FC.

Esta aqui é uma retratação que enviei à Valeu Marketing comunicação sobre meu post anterior referente ao Calendário do Santos com atletas do time feminino como modelos. Espero que todos aqui leiam e entendam. Fiquem à vontade para comentar também!

            "Aos Amigos da Valeu Marketing!

            Abordei no meu blog o tema "Calendário com as jogadoras do Santos", como vocês bem sabem.

            Acabei abordando um outro aspecto e critiquei o trabalho e a campanha de marketing.

            De fato, sou contra (assim como a maioria das pessoas envolvidas com o futebol feminino) à exploração da imagem das atletas de forma sensual ou vulgar para atrair os olhares do público para o futebol feminino, pois vejo isso como desvalorização da mulher como atleta onde não é reconhecida pelo seu futebol e sim pela sua beleza.

            Li e reli não só os comentários bem como as matérias publicadas sobre o calendário santista e só então notei minha falha de interpretação.


            Embora seja um calendário na época do centenário do clube, ele está voltado para a valorização da atleta como mulher. O trabalho visa mostrar que, ao contrário dos preconceitos, as mulheres que jogam futebol são belas, sensuais, se preocupam com a sua beleza... São mulheres!


            O trabalho não está voltado para o futebol em si, sim para a mulher do futebol (embora a linha de compreensão destes dois seja muito tênue).

            Reconheço meu erro e gostaria não só de pedir desculpas, bem como parabenizar o Santos, a Valeu Marketing e as atletas pelo trabalho.

            Ações de marketing com esta finalidade são necessárias e muito bem vindas.

            Todos erramos muitas vezes, mas nem sempre admitimos o erro. Não posso ser injusto, logo nada mais correto do que reconhecer meu equívoco e ser humilde em pedir desculpas!"




Para que os leitores entendam melhor: A missão e a visão do calendário são corretas. Embora seja um calendário de contagem regressiva para o centenário do clube a visão do trabalho é de valorizar e quebrar a visão atual sobre as mulheres que jogam futebol. Se fosse apenas um calendário do centenário e a visão fosse representar o futebol feminino do clube, eu continuaria a achar errado.

 A diferença é a visão do trabalho... a finalidade não é representar o futebol feminino do clube... se fosse eu continuaria a questionar e criticar, mas a finalidade é utilizar o calendário do centenário para valorizar a imagem da mulher, quebrar o preconceito sobre a masculinidade da mulher do futebol (mito e preconceito)

Comentários

  1. Eduardo (rasgando seda..rs) não poderia esperar outra atitude de um homem!!! Precisamos de mais pessoas como você que revê suas opiniões e TEM CORAGEM em expo-las novamente!
    A VALEU fica feliz em comemorar essa nova amizade e sempre respeita-ra as opiniões adversas a nossa.
    Não necessitava de uma retratação, mas sua CORAGEM e HOMBRIDADE (coisa que falta aos CORONÉIS de nosso esporte)tomou uma atitude já esperada.
    Muito Obrigado e conte sempre com a VALEU para o que precisar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…