Translate

sexta-feira, 29 de julho de 2011

2° Encontro de Futebol Feminino do Rio de Janeiro


O primeiro encontro já foi um sucesso. Neste segundo será finalizado o relatório que será encaminhado ao Ministério dos Esportes onde se busca a profissionalização da modalidade.  

A presença de todos é muito importante: Atletas, ex atletas, técnicos, fisioterapeutas, imprensa e todos que são à favor da modalidade.

No primeiro encontro tivemos participantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e até de Manaus.

Todos juntos em prol do futebol feminino.

domingo, 24 de julho de 2011

Jogos Mundiais Militares: Os anônimos que ajudaram na conquista do Ouro no Futebol Feminino

Costuma-se dizer que atrás de todo grande homem existe uma mulher. No caso das Meninas do Futebol Feminino dos Jogos Mundiais Militares pode-se afirmar que existem excelentes profissionais por trás da medalha de ouro e estes são os heróis. "Anônimos", mas de grande importância para que o resultado aconteça.

Parabéns aos guerreiros que suportaram a pressão, fizeram o seu trabalho com qualidade e tiveram grande parcela de culpa nessa conquista do Brasil e principalmente do Futebol Feminino.


Clique para ampliar

Jogos Mundiais Militares - Seleção Feminina de Futebol confirma favoritismo e é Ouro

Na final do Futebol Feminino dos jogos Mundiais Militares as meninas do Brasil não deram chances às adversárias e conquistaram a medalha de ouro ao vencerem a Alemanha.

Destaque da partida, mais uma vez, foi a jogadora Kátia Cilene que marcou dois gols na final e também capitã da equipe, a zagueira Tânia Maranhão mostrando muita segurança e muita experiência.

A jogadora Bárbara marcou o terceiro e Dani Batista ainda marcou mais dois gols no segundo tempo fechando o placar em 5 x 0 ara o Brasil!

A medalha consagra o belo trabalho realizado pela Marinha do Brasil no futebol feminino, juntamente com o Clube de Regatas Vasco da Gama. 

Parabéns especial ao Cmte. Sylvio Faria, Ten. Daniel, Sgt. Manoel, Ten. Adriana, Sgt. da Cruz, Dra. Hauila, Ten. Marluza, Dr. Rosane, Sgt. Xavier, Sgt. L. Almeida, Cabo Patury e todas as atletas que fizeram parte deste belo trabalho e lutaram para que esse ouro viesse, com muito suor e muita dedicação.

Essa vitória é de grande importância para a modalidade que luta em busca de reconhecimento e apoio dentro do contraditório “País do Futebol”.

Em um país com aproximadamente 99.941.819 milhões de mulheres (cerca de 51,9% da população) e em tempos de direitos iguais e mulheres conquistando seu espaço, no esporte não pode ser diferente e é isso que as atletas e todos que trabalham com a modalidade esperam!

Parabéns Brasil, Terra do Futebol FEMININO!



** Na disputa de  terceiro lugar  a Holanda venceu a França por 2 x 0 e ficou com a terceira colocação .


Conheça a Seleção Brasileira de Futebol Feminino dos Jogos Mundiais Militares


Clique na imagem para ampliar.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Jogos Mundiais Militares: Seleção Brasileira de Futebol Feminino vence, convence e chega à final

O Futebol Feminino brasileiro conseguiu a classificação para a final dos Jogos Mundiais Militares com mais um show de Kátia Cilene e companhia.

Mais uma vez, o Brasil não deu chances às adversárias e mostrou para a torcida como se joga futebol.

Como sempre, o público foi bem superior aos jogos do futebol masculino e se mostrou muito satisfeito com a atuação das meninas do Brasil. Não foram poupados elogios e comentários sobre a admiração, alegria e prazer em ver o toque de bola, os dribles e os gols das nossas guerreiras.

O Brasil ganhou por 5 x 0 e enfrentará a Alemanha na final. Os gols brasileiros foram marcados por Katia Cilene (3), Andrea e Barbará.

A Alemanha venceu o outro jogo da semi final com uma goleada de 4 x 1 sobre a França.

Na disputa de 5° e 6° lugar, os EUA bateram o Canadá e terminaram os Jogos em 5°.

A final ocorre no dia 24, domingo, às 11hs em São Januário. Às 9hs, também no estádio cruzmaltino, França x Holanda decidem o terceiro lugar.
O

quinta-feira, 21 de julho de 2011

NOVA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL FEMININO, NOVO COMEÇO ! - AbaixoAssinado.Org

NOVA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL FEMININO, NOVO COMEÇO ! - AbaixoAssinado.Org

Abaixo-Assinado (#8934): NOVA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL FEMININO, NOVO COMEÇO !:

Destinatário: CBF , Antônio Álvares Miranda Filho (miranda.ouvidor@cbf.com.br)


A Seleção Brasileira de Futebol Feminino ocupa o 3º lugar no ranking da FIFA e figura entre as seleções mais temidas nas competições internacionais de futebol feminino devido ao talento de jogadoras como Marta, Cristiane, Formiga, entre outras, que dispensam apresentações, e ao melhor ataque do mundo, composto pelas nossas camisas 10 e 11, que já atormentou seleções como EUA e ALEMANHA, com o futebol arte de CRISTIANE e MARTA, sendo esta última VENCEDORA CINCO VEZES do prêmio da FIFA de melhor jogadora do mundo, título este que não foi alcançado por nenhum outro jogador ou jogadora, na história desta premiação. Contudo, a fama que as brasileiras possuem entre as adversárias, não condiz com o apoio recebido pela seleção, que nunca conquistou um título expressivo, o que pode ser visto pelo seu extenso currículo de vice-campeonatos (Atenas 04, Pequim 08, WWC07), já que somente talento e amor à camisa não ganham títulos, e no final, as seleções que contam com o surporte de suas federações saem vitoriosas, o que demonstra a importância de uma boa preparação.
Sabendo então da qualidade e do talento desperdiçados das nossas jogadoras, que indevidamente não recebem o suporte, a preparação e o reconhecimento que merecem e necessitam, nós, apreciadores do futebol arte, queremos através deste abaixo-assinado fazer as seguintes reivindicações:

● AMISTOSOS DE QUALIDADE: Que a seleção realize no mínimo cinco amistosos por semestre, excluindo o Torneio Internacional da Cidade de São Paulo, que é realizado graças à parceria da prefeitura de SP com a SportPromotion; que sejam escolhidos adversários de qualidade, que tenham expressividade no futebol feminino, como Suécia, França, EUA, Alemanha e Japão ; que a Seleção faça no mínimo 5 amistosos de bom nível na preparação para competições importantes (pode ser contra a mesma seleção desde que seja uma seleção de qualidade reconhecida), como Mundial e Olimpíadas (o que não é uma grande exigência, já que seleções como EUA fizeram mais de 10 amistosos antes do Mundial de futebol feminino este ano, num curto espaço de tempo, e a CBF providenciou diversos amistosos para a seleção masculina antes da Copa América).

● ACAMPAMENTOS: Que as jogadoras se reúnam a cada três meses em acampamentos, e que a Seleção participe de torneios internacionais como Algarve Cup e Cyprus Cup, torneios nos quais somente a Seleção Brasileira não participa.

● NOVA COMISSÃO TÉCNICA: A seleção não tem a mesma qualidade técnica que possuia, por exemplo, em 2004, quando era comandada pelo técnico Rene Simões. Infelizmente, bons técnicos, na sua grande maioria, não querem treinar times femininos no Brasil, mas existem excelentes técnicas, que nunca teriam a oportunidade de treinar um time masculino, mas que seriam ideais para a seleção feminina. Fato este que já foi comprovado pela escolha da FIFA de melhores técnicos de futebol feminino neste último ano, no qual os três finalistas eram do sexo feminino, entre elas a vencedora, técnica da seleção alemã e ex-jogadora, Silvia Neid. Duas excelentes opções para técnica da seleção brasileira seriam: Sissi (ex-craque da Seleção, que atualmente trabalha como treinadora nos EUA) e Caroline Morace (ex-jogadora e técnica da seleção canadense). Além delas, os técnicos Jorge Barcellos e René Simões, que já estiveram no comando da seleção feminina e conseguiram bons resultados, mesmo sem condições ideais de trabalho, seriam opções interessantes para este cargo, como também o brasileiro e atual técnico da seleção da Guiné Equatorial, Marcelo Frigeiro, que vem realizando um bom trabalho com as jogadoras africanas.

● MELHOR ESTRATÉGIA DE MARKETING: O Brasil possui a cinco vezes melhor jogadora do mundo, Marta e a duas vezes terceira melhor jogadora do mundo, Cristiane, mas a imagem destas jogadoras não é aproveitada e divulgada para promover o crescimento da modalidade. Por exemplo, não existe camisa oficial da seleção feminina, com o nome da Marta ou da Cristiane sendo comercializada. Além disto, pouco se falou no site da CBF sobre a participação da nossa seleção no Mundial deste ano. A equipe norte americana possui um blog no site oficial da confederação norte-americana, no qual são relatadas todas as atividades das jogadoras através de imagens, vídeos e reportagens http://www.ussoccer.com/Social/WNT-Blog.aspx . O mesmo acontece com a seleção alemã, que além disto, tem a imagem da seleção feminina e de suas jogadoras vinculadas a campanhas de marcas importantes como a Mercedes-Benz entre outras.

Após eliminação, jogadoras da seleção brasileira pedem mais incentivo ao futebol feminino: Esporte Espetacular, Domingo, 17/07/2011.

http://www.youtube.com/watch?v=i3B-j0PHZhQ

Veja também:

http://esportes.terra.com.br/futebol/mundial-feminino-futebol/2011/noticias/0,,OI5221695-EI18245,00-Prata+em+Rene+entrega+causos+de+Marta+e+critica+preparacao.html
http://oglobo.globo.com/blogs/gramanacalcinha/posts/2011/06/29/cbf-quase-ignora-vitoria-da-selecao-feminina-no-mundial-389386.asp


http://blogs.estadao.com.br/gustavo-chacra/de-ny-a-dresden-cbf-jogou-marta-maior-jogadora-da-historia-no-lixo/

http://esportes.r7.com/futebol/noticias/perto-de-mundial-selecao-feminina-cobra-premiacao-atrasada-da-cbf-20110520.html

http://comentandonoesporte.blogspot.com/2011/07/futebol-feminino-e-cbf-queremos-saber.html

http://www.diariodonoroeste.com.br/novo/noticia_det.php?cdnoticia=44547

http://oglobo.globo.com/blogs/gramanacalcinha/posts/2011/07/01/ex-jogadora-da-selecao-feminina-manda-real-sobre-cbf-389675.asp

Texto formulado por admiradores do futebol feminino (futebol arte), inconformados com a forma como a Seleção Brasileira de Futebol Feminino vem sendo tratada ao longo dos anos de sua existência.

Dados adicionais:

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Futebol Feminino: 10 x 0 Jogo treino? Não, são as meninas do Brasil dando Show no Mundial Militar

A Seleção Brasileira Feminina de Futebol entrou em campo nos jogos mundiais militares às 10hs, no campo da EsEFEx, na URCA. O adversário: O Canadá.

Brasil e Canadá se enfrentaram na EsEFEx em dia de goleada brasileira.

A Seleção Brasileira levantou a torcida e ganhou moral para a semifinal que acontece na próxima sexta-feira.
O jogo foi marcado por um sonoro 10 x 0 para a Seleção Brasileira com 4 gols de Kátia Cilene, 2 gols de Rebeca. Michele, Cecília, Daniele e Maria completaram o placar com um gol cada.

As meninas do Brasil levantaram a torcida e muitos torcedores cantavam durante a partida: “O Mano, cadê você? Vem ver aqui pra aprender!” - se referindo à Seleção de futebol masculino após o fiasco na Copa América.

Dany entrou no segundo tempo
e colocou as jogadoras Canadenses para sambar

O técnico de futebol feminino e blogueiro Alexandre Amaral, que assistia à partida, ao ser perguntado sobre o que estava achando do jogo e o que tinha dizer a favor do futebol feminino, respondeu: “O que se viu durante a partida foi a essência do futebol. Um jogo bonito e que inflamou a torcida! É lamentável que a modalidade passe por dificuldades e por essa falta de visibilidade logo no país do futebol. Muita coisa precisa ser mudada e nós, profissionais do futebol feminino precisamos nos unir e mudar isso!”

A Seleção Brasileira de Futebol Feminino espera agora o segundo colocado do grupo B que sairá do confronto entre Holanda e Estados Unidos. Os EUA precisa vencer por 2 gols de diferença para se classificar como segundo do grupo e enfrentar o Brasil. Até o momento no grupo B, Alemanha ocupa a primeira colocação e a Holanda está em segundo.

Este confronto ocorrerá agora, às 14horas, na EsEFEx, na URCA –RJ.

Quanto a falta de apoio à modalidade no Brasil deixo o seguinte questionamento: Até quando ver-se-à o futebol feminino como um esporte masculino jogado por mulheres? 

Esse é o grande erro de comentaristas e muitos dirigentes país à fora. Futebol é uma modalidade esportiva feita para ambos os gêneros. O futebol feminino é mais vendável e pode se tornar ainda mais rentável do que o futebol masculino. Temos que lutar pela modalidade e mostrar o correto, e para isso ninguém melhor do que nós, imprensa, blogueiros, atletas, profissionais da modalidade e amantes do esporte para dar ao mundo este recado. Somos muitos e juntos seremos imbatíveis!

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Jogos Mundiais Militares - No Futebol Feminino França vence Canadá com platéia de luxo

França e Canadá se enfrentaram no CIAGA, na Penha-RJ

Hoje, às 10hs da manhã, no CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha) no bairro da Penha - RJ, aconteceu o confronto entre França e Canadá.

A França vinha de uma derrota para o Brasil no sábado, quando perdeu por 4 x 1, e o Canadá entrava em campo pela primeira vez na competição.

A França tinha uma torcida muito animada à seu favor, os compatriotas da seleção masculina, que cantarolavam e incentivavam, dominando a arquibancada!

Os Franceses deram show de animação na arquibancada
Em resposta ao apoio, a seleção feminina da França dominou a partida dentro de campo durante todo o jogo e com 1 minuto de bola rolando, a lateral Cynthia cruzou na cabeça de Dolores que cabeceou sem chance para a goleira canadense.

Aos 7 minutos, dolores marcou novamente em jogada individual conduziu a bola pela intermediária e de fora da área finalizou no canto direito do gol canadense, marcando assim o segundo gol do jogo.

Aos 44 minutos, novamente ela, Dolores para fechar o primeiro tempo com a França à frente do placar: 3 x 0.

O Segundo tempo não foi diferente. Carole marcou para a França aos 63 minutos, Sharon descontou para o Canadá aos 58' e Katia, de penalti aos 88', fechou a conta para a equipe Francesa. 

Fim de partida e França 5 x 1 Canadá.

Seleção Brasileira Feminina Vasco Marinha do Brasil esteve presente nas arquibancadas acompanhando os lances e estudando as adversárias. O esquema de jogo foi bem observado e analisado pelo técnico Ten. Daniel e toda comissão técnica.

Platéia de luxo: Seleção Brasileira Feminina acompanha partida na arquibancada

Meninas da Seleção Brasileira e comissão técnica acompanharam a partida na arquibancada
A equipe Brasileira foi tietada pelos torcedores que ali se encontravam e recebeu muitas palavras de incentivo.

Na outra partida da rodada, que ocorreu às 14hs, os Estados Unidos perderam para a Alemanha por 2 x 4. Destaque da partida para Conny Pohlers que marcou 3 gols para a Alemanha na partida.

No dia 20, quarta-feira, Brasil e Canadá se enfrentam às 10hs e Holanda e Estados Unidos às 14hs. Jogos serão realizados na EsEFEx na Urca.

domingo, 17 de julho de 2011

Abertura dos V Jogos Mundiais Militares – Os Jogos da Paz


Quem foi ao Estádio Olímpico João Havelange teve uma grande e grata surpresa.

Aos que duvidavam que o Brasil tivesse capacidade de organizar um evento internacional e uma abertura de nível internacional como sempre é visto em Copas e Olimpíadas ficaram completamente maravilhados com o que a organização do evento preparou.


Orgulho de ser brasileiro! Esta é a única frase capaz de mostrar um pouquinho o que sentiram os que lá estavam!

Show de luzes e som! “Batalha” musical entre as bandas marciais da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros!  Exibição fora de série da Esquadrilha da Fumaça!

Não existem palavras que representem o que foi visto nesta noite! Pra terminar, só é possível dizer que os V Jogos Mundiais Militares – Os Jogos da Paz começaram com todos os pés direitos possíveis e imagináveis!


Foi muito emocionante ver pessoas chorando de emoção, crianças realizadas por participar de uma magistral abertura oficial que ficará guardada para sempre na memória de todos os brasileiros que presente estiveram.

Parabéns a todos os envolvidos na organização deste evento. 

Jogos Mundiais Militares - Futebol Feminino: Brasil x França

Embalada pelo ritmo da Copa do Mundo de Futebol Feminino, Brasil e França fizeram a estreia nos V Jogos Mundiais Militares com um ótimo e animado público no estádio do Vasco da Gama em São Januário.

Brasil e França realizaram a estreia do futebol feminino na competição


O Brasil entrou em campo com Vanessa, Danielle, Cida, Tania©, Gisiane, Michele, Thessa, Melissa, Katia, Andrea e Barbara Chagas. Muito aplaudidas as meninas do Brasil começaram dominando o jogo desde o primeiro minuto.

O domínio brasileiro foi marcado pela troca de passes, visão de jogo e preparo físico da equipe, sem falar da grande quantidade de belos dribles, “chapéus” e fintas, para desespero da seleção francesa.

Destaque da partida para Kátia, que marcou dois gols (4’ e aos 78’). Anotaram também Michele(24’) e Melissa(26).

O placar fechou em 4 x 1 para o Brasil. O Gol da frança foi marcado Cynthia Guehou.

No decorrer de toda partida o que mais se ouviu foi: “Elas jogam muito mais do que os homens” ou “Isso sim é futebol” ou ainda, declarações como a do sr. Carlos Eduardo, de 63 anos: “como pode não transmitir jogos de futebol feminino com maior frequência na TV aberta? Elas são tecnicamente melhores e fazem lembrar o futebol arte, coisa que o futebol masculino raramente apresenta hoje. No masculino eles se utilizam mais da força e esquecem do restante!” .

Kátia Cilene, destaque da partida com dois gols
também espera maior apoio ao futebol feminino no Brasil

Ao fim da partida a jogadora Kátia Cilene, ídolo dos amantes de futebol feminino, enalteceu a estreia da seleção feminina e declarou ao Comentando no Esporte: “O futebol feminino precisa de apoio e quem pode dar esta força são vocês, blogueiros, jornalistas, repórteres e pessoas da imprensa. A divulgação da modalidade é fundamental para que as melhorias aconteçam e pra isso contamos com vocês! O Futebol Feminino precisa disso!”.

O próximo jogo das nossas meninas do futebol será na quarta-feira, dia 20 às 10hs, contra a seleção do Canadá na EsEFEx – na Urca.

Compareçam e vamos torcer e incentivar nossas atletas e o futebol feminino! Somente a união é capaz de mudar então, “Tamo Junto Brasil” - #FFTamoJuntoBR.

sábado, 16 de julho de 2011

Futebol Feminino - Jogos Mundiais Militares.

Na manhã de sexta se iniciou os V Jogos Mundiais Militares, no Rio de Janeiro.

Na estreia do futebol masculino quem roubou a cena foi a Seleção Brasileira Militar de Futebol Feminino.


As atletas, munidas de seus instrumentos de percussão, animaram a torcida batucando e cantando em incentivo à Seleção Masculina de Futebol que jogava contra a Argélia, partida esta que acabou com a vitória brasileira por 1 x 0.

Meninas da Seleção deram um show na arquibancada durante a partida
do Futebol Masculino entre Brasil x Argélia no primeiro jogo do evento
Foto: Edu Pontes e Alexandre Amaral
Neste sábado, dia 16, as meninas do Brasil entram em campo contra a seleção da França. 

O jogo se inicia às 10 horas no estádio do Vasco da Gama, em São Januário.


É esperado um bom público e contamos com o apoio de todos para o Futebol Feminino.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Futebol Feminino: É CBF... Queremos saber!!! Não vamos nos calar!

Muito se falou da Seleção Brasileira de Futebol Feminino após a derrota nas quartas de final para a seleção dos Estados Unidos, nos pênaltis.

Muitos questionam as atletas, outros o técnico, mas a verdade é óbvia: A culpa é da má gestão da entidade 
máxima do Futebol Brasileiro – A CBF.

Ontem observei o balanço financeiro do exercício de 2010. Neste consta a seguinte informação:

·         Gastos com Futebol Amador – R$5,312 milhões de reais
·         Gastos com Futebol Profissional – R$43,760 milhões de reais.

Esta é uma informação que reflete a discrepância no investimento no futebol amador e consequentemente no Futebol Feminino. Como todos devem saber o Futebol Feminino no Brasil está na categoria amadora e é administrado da mesma forma.

As seleções femininas de outros países tem uma melhor estrutura, melhor preparação, uma base sendo formada e constantemente renovada, além de terem em seus países a modalidade sendo disseminada nas escolas, universidades, campos e em todo lugar onde se pode criar uma escola de futebol feminino.

No Brasil mal temos campeonatos estaduais quem dirá projetos da CBF e do governo voltados para a modalidade.

Dada toda a dificuldade só podemos afirmar uma coisa: Nossas atletas são verdadeiras heroínas que lutam contra tudo e contra todos para poder realizar seu sonho: JOGAR FUTEBOL.

E infelizmente, muitos querem criticar as derrotas das nossas meninas, porém a verdade é que elas são vítimas do nosso sistema de gestão de futebol e estas mesmas atletas são praticamente as ÚNICAS que lutam por melhorias. E será que nós brasileiros e amantes do futebol não enxergamos isso?

Qual a posição da CBF quanto ao futebol feminino? Quais os projetos para tornar a modalidade mais popular no “país do futebol”? Qual a preocupação da CBF em desenvolver uma base sólida para que o futebol feminino não passe mais de 10 anos com as mesmas atletas e sem renovação?

É CBF... Queremos saber!!!

Não podemos e não vamos nos calar. A mudança na linha de raciocínio se faz mais do que necessária. Difícil não é, basta ter boa vontade e acima de tudo querer realmente ver a modalidade, que tem tantos praticantes e admiradores de todos os gêneros e em todo o país, crescer!

É CBF... Queremos saber!!!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Seleção Brasileira Militar em contagem regressiva para estréia

Essa matéria foi retirada do site http://FFnews.com.br
Seleção Brasileira Militar em contagem regressiva para estréia

09/07/2011 13:48

A quinta edição dos Jogos Mundiais Militares terá início no dia 16 de Julho na cidade do Rio de Janeiro e Seleção Brasileira Feminina esta em contagem regressiva para estréia no dia 16 contra a Seleção da França.
O Brasil esta no grupo A, onde além de França tem a Seleção do Canadá. A estréia contra a França esta marcada para as 10h00 no Estádio São Januário. A Seleção Brasileira realizou vários amistosos na fase de preparação e conta com jogadoras experientes, em sua maioria pertencente ao Vasco da Gama/Marinha que recentemente foi Vice-Campeão Carioca.

Segundo o Chefe da Delegação Brasileira, Comandante Sylvio Faria, a equipe esta em fase de “polimento” realizando pequenos ajustes para a estréia. “Confesso que a ansiedade é imensa, mas estamos assim porque estamos motivados e emocionados com a participação no terceiro maior evento esportivo do planeta. Só perde para os Jogos Olímpicos e para a Copa do Mundo da FIFA. Nesta edição contaremos com a participação de 110 países” conclui o Comandante Sylvio.

Confira abaixo a Delegação Brasileira:
Clique Aqui para Ampliá-la

Se você ainda não garantiu o seu ingresso não perca tempo. Acesse o site dos jogos: http://www.rio2011.mil.br/

Além do Futebol Feminino e Masculino, os jogos ainda terão as seguintes modalidades: Atletismo/Maratona, Hipismo, Pentatlo Aeronáutico, Tiro, Basquete, Judô, Pentatlo Militar, Triatlo, Boxe, Natação, Pentatlo Moderno, Vela, Esgrima, Orientação, Pentatlo Naval, Vôlei, Paraquedismo, Taekwondo e Vôlei de Praia.

Vale à penas conferir! De 16 a 24 de Julho – V JOGOS MUNDIAIS MILITARES NO RIO DE JANEIRO. 

Amistoso internacional de futebol feminino vai agitar o Aterro do Flamengo





Amistoso internacional vai agitar o Aterro do Flamengo
Um grande evento vai agitar o Aterro do Flamengo, no próximo sábado, dia 16 de julho. Uma partida amistosa marcará uma das mais importantes celebrações do esporte que é a amizade, companheirismo e dedicação.

Nosso país está recebendo o time americano do Ney Jersey Soccer Team, equipe que reúne os destaques dos campeonatos colegiais disputados nos Estados Unidos. Quinze meninas com idade de até 17 anos estão vindo para o Brasil, onde realizarão essa partida.

Para representar nossa cidade nesse evento, a Associação dos Times de Futebol Feminino do Estado do Rio de Janeiro, convocou sua seleção que irá reunir 25 atletas dentre todos os times filiados na entidade, que conta com mais de 60 equipes.

Após um longo trabalho de acompanhamento e visita em treinos e jogos, foi divulgada a lista da Seleção da ATAFF-RJ que enfrentará o New Jersey Soccer Team.

Foram escalados para comandar o time brasileiro Hilda Hindriches do Mesquita e Jair Ferreira do Bancários da Ilha do Governador.

Esse jogo é uma importante conquista para o futebol feminino carioca e para todas nossas jogadoras de terem mais essa motivação.

De acordo com o presidente da ATAFF-RJ – Eduardo Tacto esse evento será uma grande iniciativa para o esporte carioca e para o futebol feminino: “Esse jogo será a realização do sonho de várias de nossas meninas, que gostariam de jogar contra um time estrangeiro. Daremos uma importante visibilidade para o futebol feminino com essa iniciativa.” finaliza.

Amistoso Internacional
Seleção da ATAFF-RJ x New Jersey Soccer Team
LOCAL: Aterro do Flamengo – Campo de 11 society número 2
DATA: 16 de julho – Sábado
HORÁRIO: 13:00 horas

Maiores informações:




sexta-feira, 8 de julho de 2011

Essa ideia eu apoio: Futebol Feminino, unidos para mudar!

A imagem diz mais do que mil palavras e acho que essa deve ser a meta e a "briga" da modalidade.



Quem quiser ler sobre o assunto, acesse o meu post no blog WINGED GOALKEEPER. O texto está super bacana e interessante, vale a pena!

domingo, 3 de julho de 2011

"Ele não tem visibilidade" - Uma inverdade sobre o Futebol Feminino no Brasil

Sabemos que o mundo gira em torno de mídia, dinheiro, marketing, mercado, lei da oferta e da procura.

                Nesse contexto entramos no tema: Futebol Feminino. Uma modalidade que não é valorizada no país do futebol, desprezada pela mídia e esquecida até pela entidade máxima da modalidade no país, a CBF.

                Para muitos isso se deve à falta de mercado, pouca visibilidade e consequentemente poucas chances de fazer marketing e publicidade.

                Infelizmente essa inverdade só mostra a falta de interesse e falta de criatividade das mídias de um modo geral, empresas e potenciais patrocinadores para o esporte, sem esquecer claro do Ministério dos Esportes e também da CBF.

                Uma das premissas básicas do marketing é a criatividade e acima de tudo CRIAR OPORTUNIDADES. Não se espera um mercado “cair do céu”. Se determinada fatia de mercado não existe ou é pouco explorado o interessado pode e deve transforma-la em um novo mercado e moldá-lo conforme você o faz evoluir.

Em outras palavras, a oportunidade se cria e em um mercado como o futebol feminino, praticamente inexplorado no Brasil, quem tomar as rédeas e investir neste mercado irá ser o pai, o pioneiro e assim será o exemplo de sucesso a ser seguido.

As emissoras de TV, jornais, revistas, portais de internet e empresas do ramo esportivo, em geral, não investem por dois motivos:  preguiça ou medo.

O futebol feminino se mostra cada vez mais atraente em todo o mundo e aqui, na Terra de Garrincha, Pelé e IGUALMENTE de Martas, Formigas, Suntaque, Marias, Fernandas, Carolinas e Cristianes não pode nem deve ser diferente.

Para demonstrar como o mercado pode ser interessante, vamos a alguns dados:
·         A média de público no mundial da Alemanha é maior do que a média de público no campeonato brasileiro de futebol masculino;
·         As mulheres são responsáveis por 66% do consumo das famílias brasileiras, representando R$1,3 trilhões por ano;
·         Segundo o IBGE existem 3.941.819 milhões de mulheres a mais do que homens no Brasil, totalizando assim 99.941.819 milhões de mulheres (cerca de 51,9% da população);
·         Até 2008, antes do “boom” do esporte no Brasil, 30% das mulheres praticavam alguma modalidade esportiva, representando em números atuais aproximadamente 34.876.800 no esporte, onde ¼ joga futebol (8.719.200 mulheres);
·         92,9% da população tem idade entre 0 e 59 anos, idade excepcional para diveras oportunidades de marketing e comércio de serviços e produtos.
Essas informações supracitadas só mostram que não há porque não investir no futebol feminino e na mulher de um modo geral. Hoje elas dominam o ranking da maioria de pesquisas, recebem salários equivalentes aos homens em muitas profissões, são as principais consumidoras e influenciadoras no que se refere a aquisição de bens, produtos e serviços. São destaque também em muitas modalidades esportivas.

O mundo evolui enquanto o Brasil vai ficando pra trás no futebol feminino. O país possui uma grande quantidade e qualidade de mulheres que jogam futebol.

Eu vejo, você vê, a CBF mostra que não se interessa e muitos, por medo, não tem coragem de remar “Contra a maré”.

Para mudar este quadro bastaria o Brasil se candidatar a país sede da Copa do Mundo de Futebol. Não é difícil, não é complicado, basta ter coragem de criar uma oportunidade favorável para que o esporte possa evoluir e crescer!

Se o futebol feminino tivesse uma voz própria ele diria: Dizer que eu não tenho espaço, que não vendo e não sou popular? Não podem me culpar pela falta de coragem e visão de vocês. A minha parte, que é lutar e mostrar que estou vivo, eu faço todos os dias!”.

Futebol Feminino no Brasil – “Tamo Junto” – Nós somos a sua voz! #FFTamoJuntoBR