Pular para o conteúdo principal

Marta se torna maior atleta da história do futebol, mas título não significa nada no Brasil

Futebol Feminino: É CBF... Queremos saber!!! Não vamos nos calar!

Muito se falou da Seleção Brasileira de Futebol Feminino após a derrota nas quartas de final para a seleção dos Estados Unidos, nos pênaltis.

Muitos questionam as atletas, outros o técnico, mas a verdade é óbvia: A culpa é da má gestão da entidade 
máxima do Futebol Brasileiro – A CBF.

Ontem observei o balanço financeiro do exercício de 2010. Neste consta a seguinte informação:

·         Gastos com Futebol Amador – R$5,312 milhões de reais
·         Gastos com Futebol Profissional – R$43,760 milhões de reais.

Esta é uma informação que reflete a discrepância no investimento no futebol amador e consequentemente no Futebol Feminino. Como todos devem saber o Futebol Feminino no Brasil está na categoria amadora e é administrado da mesma forma.

As seleções femininas de outros países tem uma melhor estrutura, melhor preparação, uma base sendo formada e constantemente renovada, além de terem em seus países a modalidade sendo disseminada nas escolas, universidades, campos e em todo lugar onde se pode criar uma escola de futebol feminino.

No Brasil mal temos campeonatos estaduais quem dirá projetos da CBF e do governo voltados para a modalidade.

Dada toda a dificuldade só podemos afirmar uma coisa: Nossas atletas são verdadeiras heroínas que lutam contra tudo e contra todos para poder realizar seu sonho: JOGAR FUTEBOL.

E infelizmente, muitos querem criticar as derrotas das nossas meninas, porém a verdade é que elas são vítimas do nosso sistema de gestão de futebol e estas mesmas atletas são praticamente as ÚNICAS que lutam por melhorias. E será que nós brasileiros e amantes do futebol não enxergamos isso?

Qual a posição da CBF quanto ao futebol feminino? Quais os projetos para tornar a modalidade mais popular no “país do futebol”? Qual a preocupação da CBF em desenvolver uma base sólida para que o futebol feminino não passe mais de 10 anos com as mesmas atletas e sem renovação?

É CBF... Queremos saber!!!

Não podemos e não vamos nos calar. A mudança na linha de raciocínio se faz mais do que necessária. Difícil não é, basta ter boa vontade e acima de tudo querer realmente ver a modalidade, que tem tantos praticantes e admiradores de todos os gêneros e em todo o país, crescer!

É CBF... Queremos saber!!!

Comentários

  1. Beeeelo Post Du... é vergonhoso o descaso da CBF... por isso q estamos descepsioonaddos, nao com nossaa heroínas... e sim com seu maio pesadelo a CBF q justamente deveria ser o contrário.... mas e nós Edu??? O q NÓS podemos fazer???

    ResponderExcluir
  2. O que podemos fazer é divulgar, questionar, mostrar os erros. Creio que uma ação efetiva deverá acontecer em breve com algum documento formal cobrando melhorias e que deverá ser levado até a CBF...

    ResponderExcluir
  3. Mt bom seu texto!!
    Isso aí, temos q procurar fazer a nossa parte e ajudar o futebol feminino a ser mais valorizado aki no Brasil, passar de amador para profissional !!!

    ResponderExcluir
  4. Tô contigo Eduardo, muito bom o texto.
    Qualquer coisa que tiver que assinar a favor do Futebol Feminino no Brasil, eu assino.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado a todos pelos comentários! :D

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Entre nessa Causa abaixo e vamos mudar essa vergonha

    http://www.causes.com/causes/627627-sele-o-brasileira-queremos-um-time-com-amor-camisa-e-n-o-ocupados-c-estrelismo/about

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…