Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Um novo projeto de futebol Feminino - Porque o esporte é uma forma de sonhar acordado!

Após o fim de nossa trajetória no projeto Cabuçu FC, onde trabalhávamos com futebol feminino, eu, Eduardo Pontes, e o técnico Alexandre Amaral, criamos um novo projeto.


Este projeto que abrange o futebol de campo feminino é algo que já planejávamos e que decidimos colocar em prática logo que nos foi possível.
Todos que trabalham com futebol feminino conhecem não só as dificuldades da modalidade, mas, principalmente, a importância que é a prática da mesma para milhares de meninas em todo o território nacional.
Para muitas meninas o futebol feminino é a forma de “sonhar acordado” com um futuro melhor.
O projeto é está localizado em nova Iguaçu, mais exatamente no Campo do Professor, sempre aos sábados das 15h às 18hs, no bairro de Cabuçu. Escolhemos este local por estar em uma região estratégica, que já conhecemos e na qual vemos meninas de grande potencial, mas também vemos uma grande necessidade de ajuda social, por ser um local ainda em desenvolvimento.


Nosso projeto tem como missão, educ…

O Caminho não escolhido

“Dois caminhos divergiam num bosque amarelo
Triste por não poder seguir os dois
E por ser apenas um viajante, segui
Um deles o mais longe que pude com o olhar,
Até o ponto onde ele se perde no mato
Tomei o outro que me pareceu mais belo,
Oferecendo talvez a vantagem
De uma relva que se podia pisar,
Embora o estado de ambos fosse o mesmo
E naquela manhã eles fossem iguais
Ambos estavam sob relvas que nenhum passo
Enegrecera. Oh deixei
Para outra vez o primeiro!
Mas como sabia que ao caminho se juntam
Os caminhos, duvidei que um dia voltasse.
Hei de contar isto suspirando,
Daqui a muito tempo, nalgum lugar:
Dois caminhos divergiam num bosque, e eu
Segui o menos trilhado,
E foi o que fez toda a diferença.”
Robert Frost, 1916.

Robert Frost quis nos dizer que nem sempre o caminho mais fácil ou mais belo é o melhor!
Devemos encarar o caminho que ninguém nunca tentou, arriscar.

Muitos querem dizer que não devemos seguir este ou aquele caminho, querem dizer o que devemos fazer, mas seguir o seu p…

Seleção Brasileira: Um trabalho para recuperar a hegemonia

Baseado no sensacional texto da grande amiga @Lu_dCastro do blog O Laço da Chuteira, onde ela menciona a busca desesperada da CBF por um amistoso contra adversários inferiores para tentar sustentar uma hegemonia que foi perdida há anos. (Leiam o texto da Lu pois está muito bom)
Após a derrota para a Alemanha foi anunciada a lista de amistosos da Seleção para 2011 onde enfrentará adversários tecnicamente inferiores como Egito, Costa Rica, México e Gabão.
Isso é visto como uma válvula de escape para tentar mostrar força ao grupo brasileiro após derrotas para seleções mais fortes e organizadas?
Acho que daqui para 2014 vai ser complicado para o Brasil. Talvez o planejamento adotado não seja o mais adequado, mas quem sou eu pra julgar, temos que esperar e rezar pra ver no que vai dar.
Eu, particularmente faria diferente.
Buscando o melhor para a Copa do mundo FIFA de 2014, o primeiro objetivo seria escolher o técnico que comandaria até o fim da copa. Feito isso, escolha de comissão técnica e …

Como projetos socioesportivos podem criar oportunidades no Brasil

O Brasil é território de incomensuráveis talentos. Uma mina repleta de matérias preciosas que podem, e devem (ou deveriam) ser trabalhadas.
Assim é com o esporte brasileiro, mas infelizmente esses talentos não são aproveitados como se deveria e assim perdemos potencial humano e consequentemente fazemos com que sonhos não sejam realizados. Essa é a nossa realidade não só no esporte, mas também em outros ramos da sociedade.
Algumas alternativas poderiam solucionar(ou amenizar) uma série de problemas sociais e educacionais no Brasil.
O esporte é sem dúvida uma forma de educar, socializar e promover saúde, além, claro, de proporcionar um futuro profissional melhor a milhares de praticantes. O esporte deveria ser visto assim.
Em um país com tantas escolas, clubes e universidades por que existe a dificuldade de dar oportunidades esportivas e educacionais a crianças e jovens?
Uma boa solução seria parcerias entre estas escolas, clubes e universidades nos estados ou regiões brasileiras, onde clube…

II Encontro de Futebol Feminino - O que foi abordado?

No último sábado, dia 06/08, ocorreu no Clube de Regatas Vasco da Gama, o II Encontro de Futebol Feminino do Rio de Janeiro.
O encontro visava debater e expor os pontos do relatório que foi gerado a partir do primeiro encontro, realizado no dia 26/03, também pelo Vasco da Gama.
Vamos a alguns destes pontos abordados.
Desde a década de 90, quando o Vasco começou o trabalho com futebol feminino, se mostraram os primeiros problemas da modalidade: A falta de equipes de base.

Esse é um dos problemas que assola a modalidade até hoje. Clubes montam equipes profissionais e esquecem as categorias menores.
Sem categorias de base não há renovação e mesmo que se mantenha uma equipe profissional, dentro de um período de 5 anos, cerca de 50% da equipe apresentará algum tipo de problema físico/contusão.

Essa falta de renovação se deve a uma filosofia que é utilizada até hoje por muitos clubes: A busca de talentos prontos, quando na verdade deveriam formar talentos.
Uma das intenções do relatório que será e…

Promoção de dia dos pais!

Acesse a Bodynet.com.br/EduPontes e aproveite as promoções:
clique na imagem para ampliar