Translate

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Copa e Olimpíada no Brasil: Legado é o nome do circo, os políticos são a plateia e nós, os palhaços!


A Copa do Mundo de 2014 fica cada dia mais próxima mas, saúde, educação, transporte e afins continuam muito distantes.

Essa afirmação é triste, mas é exatamente como vai o Brasil rumo aos eventos esportivos tão esperados.

A esperança do povo brasileiro é que com as obras que estão sendo realizadas as coisas fiquem diferentes, mas sinceramente, será que vai melhorar?

O verdadeiro legado que vai ficar será a oportunidade de novos eventos, por conta da organização e das estruturas criadas, que provavelmente, para novos eventos, terão que ser reformadas ou talvez nem sejam reaproveitadas.

Qual o legado do PAN 2007 para o povo brasileiro? Os “elefantes brancos”!

Infelizmente o que menos preocupa nossos queridos governantes é a situação do povo. Quem fala o contrário, na maioria das vezes, mente! Eles só querem seu voto!

Vivemos em um país em que a saúde está a cada dia pior, a educação nem se fala até porque as nossas crianças mal sabem falar. E o transporte? Um caos! O direito à prática do desporto? Nem existe!

Vivemos em um Brasil de problemas conhecidos, antigos e que estão só piorando!

Vamos pegar exemplos do Rio de Janeiro:
Início de 2011, barracão de três escolas de samba pegam fogo na cidade do samba  e estas escolas recebem 4 milhões de reais cada uma. Meses antes o governo do estado afirmava que não havia dinheiro para cuidar da saúde e muitos hospitais estavam (e ainda estão) fechados ou com situação precária.

Não há dinheiro para saúde ainda, a educação vai muito mal, os transportes e as vias de tráfego apresentando os problemas de sempre (engarrafamentos, pontos de alagamento, trens lotados, etc) e durante o sorteio das eliminatórias para Copa de 2014, realizado na Marina da Glória. Saem dos cofres do estado R$30.000.000,00 só para a realização do sorteio. O prefeito dá uma declaração: “O dinheiro que sai dos cofres públicos é irrisório se formos pensar nos benefícios que os eventos vão trazer para o estado e para o país”.

Vale ressaltar que no mesmo tipo de sorteio, realizado na África do Sul para as eliminatórias da Copa de 2010, foram gastos apenas R$2.000.000,00.

Quantos milhões de reais foram gastos no Pan 2007? Em quantos milhões acima do valor apresentado as obras para Copa e Olimpíada já estão?

Teve o trabalho de pesquisar? Agora me responda: E o que melhorou para o povo?

É mais fácil listarmos o que não melhorou. A lista é longa e conhecida!

Seria uma boa ideia fazer com que os políticos andassem de ônibus todos os dias e nos horários de pico, dependessem do SUS, recebessem 1 salário mínimo e contribuíssem por 35 anos para poder se aposentar!

Legado é o nome do circo, os políticos são a plateia e nós, os palhaços!

domingo, 11 de setembro de 2011

Basquete Brasileiro é Campeão! Gestão faz diferença!



Neste sábado, dia 10 de setembro, a Seleção Brasileira Masculina de Basquete se consagrou campeã!

Na partida de sábado, semifinal entre Brasil e República Dominicana, o Brasil conquistou a tão sonhada e esperada vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Vaga na final para enfrentar a Argentina,
mas a vaga para Londres vale mais do que o título!

O Brasil evoluiu desde a primeira partida. Foi ganhando consistência, melhorando o trabalho de bola, os arremessos de três pontos, as infiltrações, e o mais importante no basquete: A defesa!

Não foi apenas a vitória pelo que foi feito dentro de quadra, mas principalmente, por tudo que foi feito fora dela. Um trabalho de renovação e gestão da modalidade, com objetivos a serem alcançados e todo um planejamento!

Que este trabalho continue sendo realizado visando agora uma medalha olímpica!

Além da importância da vaga nas olimpíadas, após 15 anos, se espera que o renascimento do basquete brasileiro tenha influência direta dentro de cada estado e consequentemente de cada clube que já teve em sua história uma equipe de basquetebol, seja ela masculina ou feminina.

Em um país em que cerca 2% da população (aproximadamente 2.000.000 de pessoas) tem pré-disposição genética para o desporto, temos muitos talentos sendo desperdiçados em todas as modalidades. No basquete não é diferente.

Que o marketing da Confederação Brasileira de Basquetebol (CBB), que hoje é gerido pela Brunoro Sports Business (BSB), uma empresa privada do renomado José Carlos Brunoro, renomado profissional de marketing esportivo com grande histórico de sucesso como a gerencia da parceria entre Parmalat e Palmeiras na década de 90, invista na disseminação do esporte em todo o território nacional, afinal não se pode pensar em um futuro promissor e vitorioso da modalidade se não tivermos nossas crianças praticando nas escolas, quadras e em escolas de formação de atletas (o que chamamos de escolinhas).

Somente aproveitando este grande feito da modalidade (a conquista da vaga) com apelos de marketing na TV, jornais e afins, poderemos criar uma identificação de nossas crianças com nossos atletas e automaticamente se criará uma identidade entre elas e o desporto. 

Esse papel de massificação do esporte cabe às Confederações de cada modalidade. Assim é com o Vôlei (CBV) e assim começa a ser feito com o Basquete (no caso do basquete, começa e esperamos que continue).

O problema das Confederações é não ter profissionais qualificados em gestão, ou que acham que são qualificados.

 Estudar sobre gestão não garante que você será um bom gestor. O diferencial está naqueles que já possuem traços de liderança, coordenação e visão. Que pauta sua vida por critérios, valores, ética e, acima de tudo, tem bom senso, sabendo usar mais a razão do que a emoção e não deixa que a balança pese à favor de ninguém que não mereça, e isso já nasce com o indivíduo.

Que as Confederações de cada desporto tomem a CBB e a CBV como exemplo.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Até onde podemos chegar?



 Meu texto publicado no blog dos amigos @BardiCoach e @Blogoleiro_RC do WingedGK.wordpress.com



Hoje não vamos falar simplesmente de futebol feminino. Vamos falar de motivação, e isso abrange todas as áreas de nossa vida!
Sabemos que não existe caminho fácil, mas as pessoas que hoje são enaltecidas por seus atos, conquistas e descobertas, foram aquelas que escolheram os caminhos, supostamente, impossíveis!
O futuro é você quem faz!
A vida nos dá escolhas. De um lado, um caminho que todos escolhem por ser mais fácil, do outro um caminho no qual são raros os que decidiram por escolhê-lo e descobrir se este caminho, considerado difícil e cheio de obstáculos, os levaria a uma nova descoberta ou conquista.
Quem quiser, leia o texto de Robert Frost – O Caminho não escolhido.
Acredite em você, na sua força de vontade e determinação e nada se tornará impossível.
Enfrentamos problemas, obstáculos, falta de incentivo e muitas vezes ouvimos “Você não vai conseguir” ou ainda “Você está sonhando”.
Mas o que poucos sabem é que sonhos existem para serem alcançados e ultrapassados, afinal nada nos limita a não ser nós mesmos!
Eu quero, eu posso eu consigo! Essa frase é uma das mais corretas que existem!
O homem criou a roda, a máquina, chegou até a lua! A mulher conquistou seu espaço, chegou à presidência... E você, até onde irá chegar?
Eu respondo: Até onde você quiser!
Assistam este vídeo, vale a pena: