Pular para o conteúdo principal

Marta se torna maior atleta da história do futebol, mas título não significa nada no Brasil

Santos "anuncia" fim do time feminino


No início da manhã de ontem, 31 de dezembro, último dia do ano de 2011, o jornal O LANCE anunciou em sua página web que “Depois do Futsal, Santos ‘joga’ a toalha por futebol feminino”. 

O Santos acabaria com um projeto tão vitorioso? 
Analiso esta notícia como um claro exemplo de desespero santista para angariar novos patrocinadores.

Seria inadmissível uma equipe de tanto renome dentro da modalidade e um clube de tanta história no futebol mundial como o “Santos, de Pelé” acabar com uma equipe apenas pela falta de patrocinadores.

A meu ver, a falta de patrocinadores soa como “Falta de profissionais qualificados para exercer esta função dentro do clube”, como falta de planejamento e ainda leva a crer que o clube não passa credibilidade a seus possíveis investidores no futebol feminino a ponto de criar o interesse de investir.

Seria a hora do Santos rever a forma como o Futebol Feminino é gerenciado? Uma potência esportiva não consegue captar patrocinadores em um país em que temos centenas de empresas voltadas para produtos para mulher e moda feminina?

Posso estar enganado, mas talvez tenha chegado a hora do clube santista rever seus conceitos, pensar no quanto o futebol feminino contribuiu para a imagem do clube (o que não foi pouco), perceber que potencial a modalidade tem e se o clube chegou a tal ponto de desespero anunciando o fim para tentar atrair investidores, é porque toda a gestão precisa ser repensada, a sujeira ensacada e colocada no lixo e o desporto ser gerido de forma profissional e transparente, sem contratações por amizade ou indicação daqueles profissionais que não tem potencial para estar em certos cargos.

Amizade e profissionalismo são coisas bem diferentes!

Chegar a um determinado patamar é “fácil” porque difícil mesmo é se manter naquela posição com qualidade.

Talvez a gestão do Santos acredite estar fazendo o melhor trabalho possível. Isso acontece muitas vezes. Mas existe a grande possibilidade de boas gestões se acomodarem e seu nível cair, e quando se percebe é tarde demais.

A excelência deve ser buscada sempre e acho que nisso, talvez, o clube pode ter deixado a desejar!

E claro que o fim de uma das melhores equipes do país na modalidade pode manchar a imagem do "Peixe" e eu, no lugar de toda diretoria, me preocuparia bastante com isso afinal sabem força que o Futebol Feminino possui e como ele está crescendo no Brasil e nas redes sociais!

Vamos esperar que o clube santista, ou melhor sua DIRETORIA, dê um pronunciamento sobre tal questão, e que neste discurso não venham com o papo de "falta de patrocinadores". Tem mais coisa aí.. ah se tem!

Comentários

  1. É muito triste mesmo, mas convenhamos falar que é por causa de patrocinioé brincadeira,eles conseguirão um monte de patrocinadores pra pagarem o salario do Neymar, por que não conseguem uns pras meninas, isso é um absurdo, metade do R$ do neymar paga a folha de pagamento das meninas e da melhor condiçoes de trabalhor pra elas, quem quer vai atras esse negocio de patrocinador pra mim é lorota, se eles quiserem nada vai empedirem de continuarem....

    ResponderExcluir
  2. Exatamente Aline! Falta ao clube VONTADE! Se quisessem eles teriam fechado patrocínio! Mas será que a Diretoria tem a "mente aberta" para o futebol feminino ou alguns ainda são preconceituosos nesse ponto? ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Edu, no meu ponto de vista ainda é preconceito de pessoas ligadas ao proprio clube,,pois não vejo outra justificativa para acabar com um projeto tão vitorioso, falar que é por falta de patrocinio é estranho, pois igual vc disse, se quisessem eles teriam fechado patrocínio.Pra mim o Santos foi Incompetente.

    ResponderExcluir
  4. triste é pouco néh vamos combinar que isso é uma palhaçada meu como ja foi dito sobre o Neymar aff meu meninas que valem ouro e isso agora jogando tudo pro outo sem palavras o centro das atenções é o futebol masculino e tudo por causa da copa vamos abrir os olhos néh gente com esse timinho de merda que tá a seleção vamos ganhar a copa onde?? só no dimdim néh e olhe lá do jeito que esse pais é aff da até vergonha parei:X

    ResponderExcluir
  5. Vamos lá, que o que tá ocorrendo mesmo é má vontade isso é fato. Esse presidente nunca se mostrou muito entusiasta pelo FF ao contrário do antecessor. O Edu deve está melhor informado do que passa lá dentro para afirmar com tanta clareza essa questão.
    Agora dando uma de advogado do diabo,partindo do principio que não há má vontade, deve ser complicado mesmo você sozinho levantar a bandeira de uma modalidade, investir tanto e não ver o cenário mudar. Eu louvo o trabalho de Foz, de São josé, de Vitória de Sto Antão, mas com o perdão da metáfora, esperar que estes alavanquem o FF no país é semear no pedregulho.
    Tudo passa pela questão de unir aqueles três elementos:clubes, mídia e patrocinadores.Faltou um desses três , os outros dois não crescem. E aí que entraria um ministério de esportes para alinhavar tudo isso.
    Volto a frisar, o que está ocorrendo no Santos é má vontade mesmo, há tempos essa nova gestão dava sinais que queria abandonar o barco. No entanto é para refletir do lado de quem investe na modalidade. Como investir numa modalidade que é completamente abandonada pela midia esportiva desse país, onde ninguem do teu porte quer encarar contigo o desafio, seu clube ser uma "andorinha sozinha voando" como diz o LAOR. Sim, óbvio que passa por questões de planejamento, mas só planejamento de um clube de porte isolado? Convenhamos é complicado.
    Reforço que está aí a função no Ministério dos Esportes. É chegar junto dos grandes clubes- sim eu só acredito em FF partindo deles- junto da midia e possiveis patrocinadores e costurar isso aí. Por um lado ou por outro não pode mais só um time de camisa encampar a bandeira do FF.

    ResponderExcluir
  6. Todo ano é a mesma coisa, fico pensando como fica cada atleta do futebol feminino, que se dedicou o ano inteiro, suou, chorou, se machucou e enquanto os diretores, presidentes ficam buscando novas desculpas para acabar o futebol feminino.
    Sei que é difícil para as meninas que sonham em ser uma jogadora de futebol, além de se preocupar com o físico, alimentação, técnicas, ter que se preocupar com o lado financeiro de se manter e manter a modalidade. Mas, só vejo uma saída para o FUTEBOL FEMININO perdurar, meninas ou vocês se organizam, busquem pessoas que amem a MODALIDADE, RESPEITE A MODALIDADE, TENHA ORGULHO E que entenda e que sonhe como vocês o FUTEBOL FEMININO, não aceite aventureiros e nem aproveitadores, vocês sabem as pessoas certas para a MODALIDADE FUTEBOL FEMININO VIVER. Agora mais do que nunca para o FUTEBOL FEMININO ser VERDADEIRAMENTE SERIO, precisamos que as pessoas mais interessados sejam dedicadas e se prontifiquem para fazer do FUTEBOL FEMININO uma modalidade SERIA, e essas PESSOAS SÃO VOCÊS MENINAS, VOCÊS PRECISAM BUSCAR DE DENTRO UMA FORÇA PARA UNIR E SAIR DESSAS PESSOAS QUE PARECEM QUE ESTÃO PRESTANDO UM FAVOR AO FUTEBOL FEMININO.
    MENINAS! O FUTEBOL FEMININO NÃO PRECISA VIVER DE FAVOR, ACORDEM E LUTE E MOSTRE PARA TODOS QUE O FUTEBOL FEMININO TEM ESPAÇO E QUE VOCÊS PODEM MUDAR E MOSTRAR ISSO.

    Abraços! Estou do lado da Verdade e da Justiça, sejamos justos primeiro com a gente mesmo. Renezito Jr.

    ResponderExcluir
  7. NA VERDADE DONA CBF TODA AS VEZES QUE ELAS VESTEM A SUA CAMISA. DIZ QUA ALGO VAI MUDAR TODA OLIMPIADA A MESMA COISA MAS NÃO ORGANIZA CAMPEONATO PARA AS MENINAS. CADE O BRSAILEIRAO PARA ELAS OS ESTADUAIS COM SUAS PRINCIPAIS EQUIPES GRANDES.O RESULTADO ESTA AI. A FALENCIA DO FUTEBOL BRASILEIRO COMO UM TODO. VIRA O BRASILEIRAO DO ANO PASSADO. A SERIE B FEZ MAS PONTOS QUE A SERIE A. E TA TUDO BOM.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…