Pular para o conteúdo principal

E o juiz apita o fim do jogo: Este blog chegou ao fim.

Governo do Rio: TRANSPORTE PÚBLICO: Formando Campeões! Pensando no Povo!


Hoje de manhã, para chegar até a empresa onde estou trabalhando, preferi pegar o trem . Um transporte público mais rápido e ... e é só isso mesmo!

Acredito que o caos do transporte público no Rio de Janeiro, bem como em suas vias de tráfego, sejam uma nova campanha do governo do estado. Uma preocupação com a saúde e formação de novos talentos para 2016.

Se você pega o ônibus, sempre lotado, não deveria reclamar e sim agradecer. É uma forma de você, que rala o dia inteiro, acorda cedo, chega tarde e não tem tempo de malhar, fazer um trabalho INTENSIVO de fortalecimento muscular. É sacolejo pra cá, é sacolejo pra cá, pés, pernas, braços, pessoas e seus corpos fazendo malabarismos para se manter em pé e nisso vão trabalhando bíceps, tríceps, deltóides, quadríceps femoral, abdome, costas, panturrilha, etc.

Que maravilha! E o melhor é que a o governo proporciona a você um treinamento atlético em dois períodos (ida e volta do trabalho) em treinos intensos de até 4 horas por período.

No trem não é diferente e é até mais legal! O treinamento é mais dinâmico pois além de todos os benefícios anteriores  você tem que ter velocidade de raciocínio e reação a cada parada em estação. Descem 15 e sobem 30. Se você quiser descer ou subir no meio do caminho, é quase uma atividade de escalada. Você luta contra as forças opostas (das pessoas que estão também saindo ou entrando) e precisa ser muito ágil para conseguir essa façanha. Claro, se você não vai descer, você precisa se manter dentro do vagão, afinal você corre o risco de ser arrastado para fora do transporte metroviário pela onda de pessoas.

Além da preparação física para provas de resistência e longa distância, você trabalha para provas de velocidade e explosão muscular. Tudo em um só lugar! E você pode variar, se quiser, pegando um dia o trem, noutro o ônibus. E assim vai!

Seria até interessante que as aulas de Física de escolas de ensino fundamental e médio, bem como de instituições de nível superior fossem realizados dentro do transporte público.
Sabemos que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo, mais no transporte público carioca você pode ver que isso esta quase se tornando possível. Novas leis da física podem ser também criadas observando e vivenciando tudo que acontece no transporte público dessa cidade maravilhosa!

O governo forma pessoas capacitadas para as mais variadas atividades esportivas, bem como prepara o cidadão para testes físicos de concursos como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e até para Agente Penitenciário.

Enquanto isso, as obras lindas e belas para a Copa e Olimpíada vão a todo vapor. Todo vapor de uma Maria fumaça velha e quase aposentada.

O povo sofre há mais de 20 anos com os mesmos problemas, nos mesmos lugares, e as situações estão só piorando. O Governo do estado se mostra preocupado em "gozar com o pau dos outros" vulgarmente falando, mas esta expressão se encaixa muito bem no contexto.

É fácil se gabar de "trazer copa e olimpíadas" pro Rio de Janeiro. Quero ver se gabar de não dar condições dignas para o povo viver, estudar, se cuidar nos hospitais em situação precária, se locomover. Onde está a qualidade de vida? Onde estão os diretos dos cidadãos? Onde estão os deveres e obrigações dos políticos?

Muito se fala de legado das competições que estão por vir, e o que ficará para o Rio de Janeiro? Uma trans-oeste, para circulação de ônibus articulado para turista ver onde não há ponto de retorno e onde não se pensou no povo, afinal uma obra que deixa de ter os devidos retornos e faz a população da região ter que percorrer de 7 a 8km, somando de 14 a 16km contando a ida e volta até um certo ponto onde possa retornar e chegar em casa?

E o Maracanã? Uma obra bilionária que está sendo feita com um valor muito acima do inicial programado e que, provavelmente, sofrerá reformas para as Olimpíadas?

Espero que eu esteja enganado, mas o legado que ficará para o povo carioca vai ser a indignação de viver há anos e anos na mesma "lama". Na mesma situação degradante física e mental.
Infelizmente, a culpa é do próprio povo, que gosta de reclamar, mais não sabe votar e muito menos cobrar os seus direitos.

Enquanto isso, sofremos com o descaso dos políticos e do governo que nada fazem e se aproveitam de grandes eventos como estes citados no texto para ludibriar o povo e fazer 1/20 (um vinte avos) do que deveriam fazer pela população, como OBRIGAÇÃO E DEVER de seus cargos, através do dinheiro destes grandes eventos esportivos.

O que ficou de legado dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro em 2007? O que a população ganhou com isso?

Será que dessa vez será diferente? Duvido muito!

Comentários

  1. Muito bom!
    Pior é que a maioria das pessoas comemoraram quando foi divulgado q o Brasil foi CONTEMPLADO com a Copa e as Olimpíadas.
    Nosso transporte é um caos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, opinião, dúvida ou sugestão! Um abraço, Edu Pontes!

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol feminino parou, mais uma vez, o país do futebol masculino

Sexta-feira, dia 12 de agosto de 2016. 
Às 22 horas, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entraria em campo já sabendo que as seleções de França e EUA foram eliminadas por equipes consideradas azarões.
O Brasil, começou a tarde desta sexta sabendo que, caso passasse da seleção da Austrália, encararia o vencedor de EUA x Suécia. Logo, saber que a seleção americana havia sido eliminada e não teria a chance de ser nosso algoz nas semifinais já era um peso a menos nas costas de nossas atletas.
Iniciado às 22 horas, o jogo contra a Austrália foi uma mistura de tensão e responsabilidade, fatores que aparentemente pesaram muito e que geraram um nervosismo a cada minuto que se passava e a bola não entrava para que o placar ficasse à nosso favor.
No tempo normal, nada de gols. Então que venha a prorrogação!
Ela veio, com mais nervosismo e tensão ainda. Vale destacar que precisamos clonar a Formiga, pois essa jogadora é fora de série e ninguém joga como ela.
O jogo foi rolando, brasileiros…

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!

É preciso acreditar em você em seu sonho! É necessário ter foco!
O que diferencia o vencedor do perdedor é que o vencedor decidiu seguir em frente mesmo quando a vida lhe bateu com força e pareceu até lhe faltar chão. O vencedor caiu e levantou quantas vezes foi necessário e acreditou no seu potencial mesmo quando ninguém acreditava em seus objetivos.
É preciso saber onde se quer chegar e o que é preciso fazer para chegar até lá. 
O caminho não é fácil! A trajetória é cheia de obstáculos, mas é preciso seguir em frente, fazer ajustes no seu planejamento de como chegar até lá, mas nunca mudar seu foco. 
Eu sei o que quero, sei onde quero chegar e sei o que preciso fazer pra alcançar meus sonhos. 
As vezes é preciso estar acordado enquanto os demais dormem, é estar em casa estudando, indo a eventos e se atualizando enquanto muitos estão em festas e curtindo o fim de semana. É preciso abrir mão de muitas coisas para i…

Tabu ALTURA - Preconceito com goleiros e goleiras ou falta de visão?

Um tema tem sido frequentemente abordado no futebol, tanto no masculino quanto no feminino: Estatura dos goleiros.
Tem sido uma prática comum clubes dispensarem ou não darem a devida atenção a goleiros e goleiras considerados "baixos" para a posição sem que ao menos sejam analisadas algumas características que muitos destes possuem, mas que precisam ser trabalhadas. Um goleiro de 16 anos e 1,79m é considerado pequeno, assim como uma goleira que tem 18 anos e 1,70m por exemplo! E isso acontece com atletas de menor idade, como exigências de clubes de que goleiros devem ter 1,80m ou 1,90m com 13 anos!

E qual seria o problema: 
Preguiça associada a busca de um jogador ou jogadora prontos para o clube ganhar dinheiro "sem ter trabalho"? 
Ou a intromissão de cartolas que mal entendem sobre futebol e estão preocupados apenas com seus bolsos e seguem assim padrões de escolas internacionais, e por pouca inteligência neste quesito, perdem profissionais (goleiros e goleiras) q…