Pular para o conteúdo principal

BRASIL - Desenvolvimento do Desporto


O desenvolvimento de uma modalidade não é responsabilidade apenas de clubes e profissionais. A federação nacional tem papel fundamental!

Clubes, atletas e profissionais devem fazer sua parte, mas sem apoio real, verdadeiro e concreto da federação nacional, a caminhada é muito mais difícil.

Todo esporte que cresceu um pouco só cresceu por conta de uma mudança de poder na sua federação ou mudança de filosofia e visão sobre o desporto.

Uma entidade de administração desportiva(EAD) deve pensar em todos os pontos que abrangem o desporto o qual a instituição representa e organiza. Se quiser pensar somente em seleção nacional, bom! Então delegue o poder a outra instituição, uma nova confederação, uma liga ou afim, que terá autonomia para cuidar das outras situações e detalhes que abrangem o esporte e que são a pedra fundamental para o bom desempenho da seleção nacional.

O que não podemos aceitar nunca é dizer que o esporte A ou B não tem espaço, mídia, patrocínio ou não é algo da cultura do país e por isso caminha mal afinal, até o solo mais castigado e árido, se tratado por alguém que assuma essa responsabilidade e tenha recursos para empregar, se torna um solo fértil e produtivo.

Dar desculpas é apenas assinar um atestado de irresponsabilidade ou falta de interesse em desenvolver aquela modalidade.

Muitas modalidades tem o poder de evoluir no Brasil e transformar a nação, aos poucos, em uma potência esportiva de resultados em alto rendimento, mas também em uma potência social, que usa o esporte como ferramenta de inclusão e de ensino.

Precisamos de pessoas de visão ou ao menos de pessoas que sejam capazes de deixar o orgulho e a soberba de lado e aceitem dividir funções ou deixar que alguém cuide da modalidade que eles até hoje não demonstraram real capacidade de cuidar.

O esporte no Brasil tem futuro, e o futuro do Brasil pode ser o esporte!



isso não vale somente para o Brasil, vale também para outros países mundo à fora!

Comentários