Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

FUTEBOL FEMININO: Sem salários há 4 meses, atletas do COTP não entram em campo

As atletas da equipe profissional de futebol feminino do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa-SP não entraram em campo na primeira rodada do Campeonato Paulista 2013.
As atletas que, estão sem receber salários há 4 meses, decidiram que não entrariam em campo na primeira rodada da competição estadual e com isso o time entrou em campo com atletas da sua equipe sub-20.
É surpreendente que uma equipe com Maurine, Rosana, Erika, Thais Picarte, Debinha, Alline Calandrini, Luana, Gabi Zanotti e outras atletas de renome e de Seleção Brasileira passe por este tipo de situação por falta de patrocínio.
Em comparação a equipes de futebol masculino, o valor de patrocínio mensal necessário para que a equipe mantenha suas atividades que é de aproximadamente 80 mil reais, é muito pequeno.
Difícil crer que não exista nenhuma empresa disposta a associar sua imagem a uma equipe que seja uma das principais referências da modalidade e que ceda tantas atletas à Seleção Brasileira.

Vale ressaltar que …

FUTEBOL FEMININO: Resultados da Copa do Brasil e Campeonato Paulista feminino

*** COPA DO BRASIL DE FUTEBOL FEMININO***

1° jogo da final

Vitória 1 x 1 São José dos Campos.  (jogo de volta, dia 4/05 às 10hs em São José dos Campos-SP)


*** CAMPEONATO PAULISTA FEMININO 2013 ***

Resultados da primeira Rodada:

AD Centro Olimpico 2 x 2 Paulista

Taubaté 0 x 0 São Bernardo FC

América São Manuel 1 x 0 Botafogo

São Caetano 0 x 1 Cotia FC

Rio Preto 2 x 1 XV de Piracicaba

Francana 2 x 2 Ferroviária

São José x Portuguesa de Desportos(Adiado)

Próximos jogos do Campeonato Paulista 

Rodada 2DATAJOGOESTÁDIOTVAlter.Obs.
04 mai 15:00Ferroviária x ABD - BotucatuArena da Fonte05 mai 10:00XV Piracicaba x FrancanaBarão de Serra Negra05 mai 10:00Paulista x TaubatéC.E.Francisco Dal Santo05 mai 10:00Cotia FC x AD Centro OlimpicoEuclides de Almeida05 mai 10:00Botafogo x Rio PretoSanta Cruz05 mai 10:00América x América São ManuelJOGO CANCELADO
05 mai 11:00Portuguesa Desp x São CaetanoCT Portuguesa15 mai 15:00São Bernardo FC x São José EC

FUTEBOL FEMININO: Peneira do Vitória de Santo Antão no Rio de Janeiro

Vitoria seleciona novas atletas no Rio de Janeiro para o time feminino Garotas que moram no Rio de Janeiro preparem-se! O Vitória, que disputa a partir deste sábado o primeiro jogo das finais da Copa do Brasil, decidiu dar oportunidades às jogadoras que desejam fazer parte da equipe. O convite se estende para todo o Brasil. As atletas selecionadas poderão fazer parte do elenco que disputará, a partir de 11 de maio, o Campeonato Pernambucano. A avaliação acontecerá na próxima semana, no Rio de Janeiro, e organizada pelo nosso Diretor de Futebol Alexandre Mathias. As atletas deverão ter a idade mínima de 16 anos. As interessadas devem enviar mensagem, informando: - nome completo - data de nascimento - telefones de contato - cidade de origem As mensagens deve ser enviadas ao E-mail : futebolfeminino@globo.com e vitória@ovitoria.com.br Cada atleta recebera mensagem com todas as informações necessárias.
OBSERVAÇÃO: Meninas, não enviem seus dados por comentário aqui no POST. Enviem para os …

FUTEBOL FEMININO: Botafogo-PB fará peneirão para futebol feminino em maio

Além de treinar no Belo, as jogadoras poderão ganhar bolsa de estudos por: Assessoria do Botafogo-PB (foto: divulgação) O Botafogo da Paraíba feminino começa a sua movimentação para 2013 no próximo dia 5 de maio. Além de formar um time para competições, o Belo terá também uma Escolinha para meninas vindas de todas as partes da Paraíba.

Será realizado um peneirão para selecionar jogadoras. O trabalho vai ser comandado pelos professores Guilherme Paiva, Roberto Oliveira, Hamilton Scaller, Rayssa Bandeira e Ana Cristina Lima, no Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno.

Será formada uma base, ensinando desde os fundamentos do futebol até o aprimoramento para as garotas que já tem esta formação. Meninas a partir de 13 anos de idade poderão se inscrever, basta levar material esportivo (chuteira e meião).

Além de treinar no Belo, as jogadoras poderão ganhar bolsa de estudos em escolas particulares de João Pessoa, garantindo assim o futuro das atletas que começam sua carreira no clube.

Apó…

FUTEBOL FEMININO: Brasil - Uma camisa e glória forjada pelo suor das que a vestiram e vestem

O que seria do Futebol Feminino sem as mulheres que vieram antes de Marta?

As dificuldades eram maiores, os que comandavam o futebol feminino eram até mais arrogantes, machistas e hipócritas.
Elas poderiam ter desistido, mas mesmo sofrendo seguiram em frente e mostraram ao mundo a força, não do futebol feminino brasileiro, mas das mulheres brasileiras que gostam e jogam futebol.
Não estou depreciando as jogadoras atuais, muito pelo contrário, até porque as dificuldades de 1990 e de 2013 não são muito diferentes e algumas das que ainda jogam fizeram e muitas outras que fazem parte da construção do que é a Seleção Brasileira de Futebol Feminino. É aí que eu quero chegar!
E é isso que eu gostaria que cada uma das atletas percebessem! Que o futebol feminino do Brasil não é fruto da CBF ou de seja lá quem disser que tem responsabilidade pelo peso e nome que a camisa canarinho tem hoje no mundo. Se esse alguém não for uma atleta, dificilmente poderá dizer que é realmente o responsável pelo …

FUTEBOL FEMININO - Finais da Copa do Brasil 2013

Espero que a CBF e a Comissão de Arbitragem não escalem árbitros regionais para as partidas em Pernambuco e em São Paulo. 
Espero que as equipes envolvidas nesta final também não aceitem árbitros locais em seus jogos.
Além do mais, acho que a comissão de arbitragem deve observar melhor os árbitros pois os equívocos em marcações em partidas no decorrer da competição ocorreram em quantidade considerável e isso acaba comprometendo o espetáculo!
Que tenhamos uma bela final com muita determinação dentro das quatro linhas de ambos os lados!
Boa sorte ao São José dos Campos-SP e ao Vitória de Santo Antão-PE.
Os jogos aconteceram nos seguintes locais, datas e horários:
IDA: Sábado 27/04 - 10h00 - Vitória de Santo Antão-PE - Estádio Carneirão
VOLTA: Sábado 04/05 - 10h00 - São José dos Campos-SP - Estádio Martins Pereira
Observação: Segundo informações, os jogos terão transmissão da emissora SPORTV.
A rádio Tabocas FM e a Premium Esportes também devem transmitir via webrádio.

FUTEBOL FEMININO: Aberto período de candidatura a sede de cinco competições da FIFA em 2016 e 2017

(FIFA.com) Quarta-feira 17 de abril de 2013 © FIFA.com A FIFA abriu o período de candidatura a sede de cinco competições entre 2016 e 2017. As 209 federações afiliadas foram convidadas a demonstrar interesse em organizar os Mundiais Femininos Sub-20 e Sub-17 em 2016, os Mundiais Masculinos Sub-20 e Sub-17 em 2017 e a Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA em 2017. O cronograma dos processos de candidatura exige que as federações que desejem sediar os eventos apresentem uma declaração de interesse até 15 de maio de 2013. O prazo para apresentar o contrato de organização, juntamente com o caderno de encargos, se encerra em 15 de novembro de 2013. A decisão final sobre os países-sede está atualmente programada para ocorrer na reunião do Comitê Executivo da FIFA em dezembro de 2013. As inscrições estão abertas para sediar as seguintes competições da FIFA: Copa do Mundo Feminina Sub-17 da FIFA 2016 O crescimento do futebol feminino em todas as faixas etárias é há muito tempo uma das prioridade…

FUTEBOL FEMININO: Copa do Brasil - Definidas data e horário dos jogos da final

O São José/SP decidirá o título da Copa do Brasil de Futebol Feminino 2013 contra o Vitória/PE em casa, no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, dia 4 de maio, às 10 horas.
O primeiro jogo da final será no Carneirão, em Vitória de Santo Antão, dia 27 de abril, às 10 horas.
A equipe pernambucana eliminou o Centro Olímpico na semifinal, tendo empatado em 1 a 1 em casa e vencido o jogo de volta por 1 a 0 no Pacaembu.
O São José derrotou o São Francisco/BA nas duas partidas por 3 a 0. O time paulista é o atual campeão da competição.
(texto: www.cbf.com.br)

Futebol Feminino: Com mais de 8 milhões de mulheres praticando futebol no Brasil, por que a modalidade é deixada de lado?

O mundo busca evolução na modalidade e a cada dia federações mundo à fora informam investimento e criação de competições, trabalhos de base e afins em seus países para o desenvolvimento do esporte.

O futebol feminino se mostra cada vez mais atraente em todo o mundo e aqui, na Terra de Garrincha, Pelé e IGUALMENTE de Martas, Formigas, Suntaque, Marias, Fernandas, Mariléias, Mirians, Vanessas, Brunas, Carolinas e Cristianes e afins, não pode nem deve ser diferente. Opa, não poderia, mas é!


Para demonstrar como o mercado pode ser interessante, vamos a alguns dados:
A média de público no mundial feminino da Alemanha é maior do que a média de público no campeonato brasileiro de futebol masculino; As mulheres são responsáveis por 66% do consumo das famílias brasileiras, representando R$1,3 trilhões por ano (Sophia Mind); Segundo último censo do IBGE existem 3.941.819 milhões de mulheres a mais do que homens no Brasil, totalizando assim 99.941.819 milhões de mulheres (cerca de 51,9% da popul…

FUTEBOL FEMININO - O futuro da modalidade é como o desejo de chegar em uma final

A modalidade tem problemas que vem de sua administradora nacional para baixo, e outras questões que vão dos profissionais e clubes pra cima.

Mudar quem administra ou sua forma de administrar só é possível se a conduta dos profissionais e demais envolvidos lá em baixo mudar. Falta união dos profissionais que geralmente se preocupam somente com eles mesmos e deixam, por muitas vezes, de pensar na moralidade como um todo.
Como me disseram outro dia, se tem alguém no topo de uma árvore comendo os melhores frutos e não deixa outras pessoas comerem estes bons frutos, é necessário balançar a árvore até que essa pessoa caia ou peça pra parar para não cair de lá de cima. Mas pra isso é preciso de união pra balançar a árvore! 
Enquanto não houver uma real união, postura mais profissional dos envolvidos e cobranças abertas por melhorias, você não vai incomodar quem está lá em cima sem fazer nada por quem está lá em baixo.
No futebol feminino é bem assim! É preciso mudar a postura e ser a mudanç…

FUTEBOL FEMININO: Vitória-PE vence e vai à final. Centro Olímpico fica fora e torce para não chegar ao fim

Ontem no Pacaembu-SP o Vitória de Santo Antão venceu a equipe do Centro Olímpico-SP pelo placar simples de 1 x 0 e garantiu a vaga na final da Copa do Brasil de Futebol Feminino 2013, onde enfrentará a equipe de São José dos Campos-SP.
Para a equipe do Vitória, uma sonhada vaga na final. Para o Centro Olímpico, um "pesadelo".
Ao Centro Olímpico agora fica o medo e a dúvida se a equipe se mantém ou não. O clube paulista vinha sofrendo com a falta de patrocínio, salários atrasados e agora algumas atletas já expressam nas redes sociais o medo e a dúvida: "Continua ou não continua?".
No Brasil não é fácil viver de futebol feminino. São constantes os medos, as dificuldades e a incerteza que vem de 3 décadas de competições que começam e acabam, de times que fecham as portas, da falta de patrocínio, da falta de um calendário organizado, da falta de competições nacionais que possibilitem aos clubes ter "vida" durante todo o ano e não somente por alguns poucos mes…

FUTEBOL FEMININO: São José aguarda o adversário na final da Copa do Brasil

O São José-SP garantiu a classificação ao vencer o jogo de volta pelo placar de 3 x 0 com gols de Michele Carioca e Paulinha (mesmo placar do jogo de ida que foi disputado em São José dos Campos).
Agora o time Joseense espera o classificado de Centro Olímpico-SP x Vitória-PE, jogo de volta que acontece hoje às 20hs no estádio do Pacaembu.
A partida terá transmissão da Rádio Premium Esportes - www.PremiumEsportes.com .

Futebol Feminino - Botafogo(RJ) acerta patrocínio com a Prefeitura de Arraial do Cabo.

O Departamento de Futebol 7 anunciou nesta quinta-feira o patrocínio com a Prefeitura de Arraial do Cabo, para a sua mais nova modalidade que é gerida pelo Departamento, o Futebol de Campo Feminino. Pelo acordo, a Prefeitura de Arraial do Cabo terá sua logomarca aplicada nas mangas e abaixo dos números nos uniformes das jogadoras, tanto do Futebol de Campo Feminino quanto no Futebol 7. - O Botafogo está muito satisfeito com o Investimento da Prefeitura de Arraial do Cabo, nas modalidade que estamos gerindo. Esta ampliação de investimento,  nos mostra que  temos parcerias bem-sucedidas, e que se dá por dois motivos: felicidade de ambas as partes pelos negócios e a confiança das empresas de que esse processo continua dando bons retornos. Estamos muito otimistas. Afirmou o diretor geral do Futebol 7, Bruno Serôa. De uniforme novo o Futebol 7 Feminino, estará estreando e mostrando todo o seu futebol no pé no Campeonato Brasileiro, em Florianópolis juntamente com a equipe masculina principal…

Mudaram as estações e nada mudou: 30 anos da Futebol Feminino no Brasil.

Hoje faz 30 anos que o Futebol Feminino foi regulamentado e autorizado a ser praticado em todos os municípios do Brasil,
Isso aconteceu no dia 11 de abril de 1983, com publicação da "deliberação CND 01/83" em Diário Oficial. Hoje, dia 11 de abril de 2013, o que mudou?

Muitas pessoas nem imaginam o que acontece no mundo do futebol feminino. 
Acho que um comentário da atleta Mariana Brito Neves, mais conhecida como Mary Person, em seu perfil do facebook define bem o sentimento e pensamento de muitas atletas:
"A grande maioria das pessoas que falam e comentam sobre futebol, nunca chutou uma lata na vida. Falam achando que tem conhecimento de causa, e nos tempos de hoje é fácil comentar de futebol usando o google pra entender de tática e perfil de atleta. Mas o que nós atletas passamos, só nossa família e Deus são testemunhas. 
Agora se anda difícil no meio dos homens, meu querido nem ouse pensar no meio das mulheres. Porque como digo sempre o futebol feminino é outra atmo…

FUTEBOL FEMININO - Equador buscando evolução

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF), por meio de sua comissão de futebol amador, realizará um campeonato piloto que poderá definir os moldes da modalidade no país, e o Ministério do Esporte está disposto a apoiar a ideia.

Este campeonato amador seria um "piloto" para o que pode vir a ser o campeonato nacional de futebol feminino.
Antonio Pozo, presidente da Comissão de Futebol Feminino da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) está de acordo com o fato de a responsabilidade do torneio piloto ser coordenado ela Comissão de Futebol Amador (COMFA).
O objetivo do país é ter uma competição em 2014 com 12 equipes em uma "série A" e 12 em uma "série B".
No torneio piloto seriam aceitos apenas clubes amadores. A expectativa é de criar fãs, atrair patrocinadores e tornar as atletas remuneradas, condições que fariam a modalidade ser considerada profissional e, como tal, poder ser regulada diretamente pela FEF.
É o futebol feminino evoluindo em todo o mundo! Acorda …

Futebol Feminino: São Caetano apresenta forte equipe para a temporada

Equipe que defenderá São Caetano no futebol feminino foi apresentada no Palácio da Cerâmica / Foto: Eric Romero
A equipe de futebol feminino de São Caetano para a temporada 2013 foi apresentada oficialmente nesta terça-feira (9), em cerimônia no Palácio da Cerâmica, sede do governo municipal. Atletas e integrantes da comissão técnica foram recepcionados pelo prefeito, Paulo Pinheiro, em encontro que também teve a participação de secretários municipais, vereadores e do presidente da Associação Desportiva São Caetano, Nairo Ferreira de Souza.
O time foi formado graças à parceria entre a Prefeitura, a AD São Caetano e a iniciativa privada. Entre as 20 jogadoras do elenco atual estão atletas com passagens pela seleção brasileira, como a zagueira Auinã Danielle e a goleira Bárbara Michelini. A equipe disputará neste ano o Campeonato Paulista, os Jogos Regionais e Abertos do Interior, além de excursionar pelo exterior para realizar intercâmbio e amistosos.
"Vocês terão o poder público …

Futebol Feminino: Brasileira Ester assina com o Chelsea e ganha destaque

A volante brasileira, Ester, assina com o Chelsea e se junta à lista de brasileiros atuando pelo clube inglês.
Ester, que estava no WFC Rossiyanka, irá atuar pela Chelsea na Super Liga Feminina e foi recebida no clube pelos brasileiros que atuam lá: David Luiz, Ramires e Oscar.
Segundo declarações do site do clube, Estar afirmou estar feliz e ansiosa para a nova temporada e por jogar em um grande neste grande clube.
Um destaque para uma atleta brasileira atuando no exterior, onde os atletas brasileiros são bem vistos.
Este é um espelho do que acontece no futebol feminino. Aqui, em território nacional, a modalidade e suas atletas são tratadas com indiferença e a modalidade sofre há décadas com a falta de organização e planejamento e não por acaso ainda não conquistou o tão sonhado ouro olímpico e o mundial.
Enquanto isso, lá fora, os outros países, profissionais e atletas estrangeiros valorizam o potencial das atletas e do futebol feminino brasileiro, embora muitos concordem que ainda…

Futebol Feminino: A atleta é reflexo do que o meio lhe ensina. O que você está ensinando?

Vejo muitos profissionais elogiarem atletas mesmo quando elas pecam pelo excesso de individualismo e tem condutas como debochar em campo de atletas que não tem suas habilidades e erram em campo. Será que eles sabem o que estão fazendo? 
É necessário saber que o futebol no mundo é coletivo e não individual, e que a crítica pode ser mais construtiva que o elogio. Algumas ações precisam ser repreendidas. 
Quanto à habilidade individual, esta é recurso e não forma de jogo. E vejo muitas atletas novas sendo incentivadas a jogar dessa forma, atuando mais de forma individual do que coletiva. 
Quem trabalha com futebol deve se preocupar em formar a atleta e também perceber que o fracasso dela pode também ser sua responsabilidade! 
Outra situação que deve se observar e orientar é a cultura do "cair por qualquer coisa". 
Enfim, posso estar enganado, mas acho que faltam mais profissionais preocupados com a formação geral das atletas. Não estou dizendo que este profissional, preocupado …

FUTEBOL FEMININO: Resultados das semifinais da Copa do Brasil

Pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil de Futebol Feminino 2013 Vitória empatou em casa, e o São José abriu boa vantagem.

Os placares dos jogos foram:
Vitória/PE 1 x 1 Centro Olímpico/SP, com gols de Gabi Zanotti pelo Centro Olímpico e Carol Baiana pelo Vitória
São José/SP 3 x 0 São Francisco/BA, com gols de Giovania, Bruna Benites e Franciele.
As partidas de volta serão dias 14 e 15 de abril. O São Francisco enfrenta o São José dia 14 às 16 horas, no Junqueira Ayres, já a equipe Centro Olímpico recebe, no Pacaembu, o Vitória, dia 15, às 20 horas.

Futebol Feminino: É preciso de público nos estádios, é preciso de patrocínio e é preciso de TV.

É preciso de público nos estádios, é preciso de patrocínio e é preciso de TV.
Mas para que tenha tudo isso é necessário que, acima de tudo, a modalidade tenha um planejamento, organização e ação direta de sua entidade de administração. 
Pensar somente à nível de seleção NÃO É PENSAR NO FUTEBOL FEMININO. 
Uma seleção é apenas produto final de uma modalidade que deve ter alicerces firmes  e estes são uma base forte, competições e clínicas à níveis estaduais, regionais e nacionais. É necessário mostrar para os pais, para as novas atletas e para a mídia que o futebol feminino pode proporcionar sim bons frutos, bons espetáculos e ter em cada clínica, jogo e campeonato, um grande evento.
A modalidade não cresce sozinha! É preciso que, como em qualquer empresa, a organização venha de cima para baixo.
Se uma empresa não tem organização, não cresce. É preciso traçar objetivos de médio, curto e longo prazo, mudar a forma de cuidar do negócio e as vezes até mudar a diretoria da empresa ou sua p…

Futebol Feminino: Clube, escolinha ou projeto. É importante dar qualidade ao trabalho.

Pra quem trabalha com futebol feminino, seja em clube, escolinha ou projeto, VAMOS DAR QUALIDADE ao trabalho, porque está difícil eihn!

Tem sido comum ver e também ouvir diversos relatos de atletas que, mesmo tendo certa idade, pecam nos fundamentos e não fazem a menor ideia de como deve ser seu posicionamento em campo.

Algumas chegam à Seleção e lá o profissional responsável tem que parar pra explicar tudo isso e fazer papel de escola de futebol e ensinar tudo o que deveria ser básico e já vir na bagagem da atleta há muito tempo.

A atleta passa para os outros profissionais que a observam um reflexo do que é ou está sendo feito no local onde ela treina, então os envolvidos devem o máximo se esforçar e fazer um bom trabalho com essas meninas. Isso não é um favor, e sim uma obrigação! Cobrar delas é bom pra elas e bom também para você, profissional.

Quem trabalha com a modalidade deve cobrar mais, se esforçar mais, não criticar suas atletas e sim mostrar qual a importância de tudo aquilo pa…

ESPANHA: Apresentada a Associação de Profissionais de Futebol Feminino

Com o lema "Jugamos Tod@s" foi apresentado no sábado, no Hotel AC La Finca, em Pozuelo, a  Associação de Profissionais de Futebol Feminino (APFF) nasce, nas palavras de seu presidente, Martinez Pelayo, com maior aspiração: "Reunir todos os profissionais do futebol feminino espanhol." Sua vice-presidente, Laura Rodriguez Albarran, diretora de web sobre o futebol feminino na Espanha, Futfem, não conseguia esconder a sua satisfação: "Tem sido muitos meses de trabalho, mas valeu a pena. Acreditamos que a associação será o ponto de encontro para todas as mulheres do futebol profissional. "
Martinez Pelayo explicou alguns dos objetivos da APFF: "Primeiro de tudo, este é um projeto para fomentar o desenvolvimento do futebol feminino. A ilusão é máxima. O número de membros agora está em 150 e é para que todos participemos. Temos muitos objetivos, mas alguns são prioridades, como a obtenção de presença feminina de futebol nos meios de comunicação e represent…