Pular para o conteúdo principal

ESPANHA: Apresentada a Associação de Profissionais de Futebol Feminino



Com o lema "Jugamos Tod@s" foi apresentado no sábado, no Hotel AC La Finca, em Pozuelo, a  Associação de Profissionais de Futebol Feminino (APFF) nasce, nas palavras de seu presidente, Martinez Pelayo, com maior aspiração: "Reunir todos os profissionais do futebol feminino espanhol." Sua vice-presidente, Laura Rodriguez Albarran, diretora de web sobre o futebol feminino na Espanha, Futfem, não conseguia esconder a sua satisfação: "Tem sido muitos meses de trabalho, mas valeu a pena. Acreditamos que a associação será o ponto de encontro para todas as mulheres do futebol profissional. "

Martinez Pelayo explicou alguns dos objetivos da APFF: "Primeiro de tudo, este é um projeto para fomentar o desenvolvimento do futebol feminino. A ilusão é máxima. O número de membros agora está em 150 e é para que todos participemos. Temos muitos objetivos, mas alguns são prioridades, como a obtenção de presença feminina de futebol nos meios de comunicação e representam as idéias dos jogadores diante da Federação Espanhola de Futebol. "

Martinez admite que o fato de o presidente de uma associação de futebol feminino é um homem tem surpreendido alguns, mas admite que uma coincidência: "A associação é aberta a todos os profissionais do futebol feminino, onde há mulheres, mas muitos homens. É por acaso que o presidente é um homem, já que eu fui eleito em uma votação secreta. A intenção não era surpreender com isso, mas é verdade que é uma forma de demonstrar que o futebol feminino é representado por homens e mulheres. "

Ao grande evento participaram, entre outros, Calçado Pilar, diretor de projeto do jovem da Fundação de Esportes Esportes Conselho, Luis Villarejo, Diretor de Comunicações da CSD e Adrados Paloma, prefeito de Pozuelo. Também compareceram numerosos atores, ex jogadoras, treinadores, presidentes de clubes de futebol, jornalistas e outras mulheres.

A APFF nasceu com 150 membros, um número que deverá aumentar gradualmente nos próximos dias. As jogadoras, as estrelas do esporte, não perderiam o evento. "É um sonho tornado realidade. Estamos muito confiantes de que este novo projeto vai servir para ajudar o futebol feminino. É bom que todos participem e que passe a haver mais envolvimento das empresas ", disse Paula Lopez, jogadora do Atlético.

No seu lançamento, a APFF está contando com uma bolsa da Fundação da Juventude Esportes Nacional do Conselho do Desporto (CSD), e com a ajuda de empresas como Santa Lúcia, Advisors TAT, AC Hotels e Futebol HO.

Quem quiser ser um membro da APFF pode fazê-lo entrando em seu site www.apff.es. A taxa anual de 10 euros.

Fonte: www.futbol.as.com

Comentários