Pular para o conteúdo principal

Escrever sobre FUTEBOL FEMININO no Brasil é complicado.


Escrever sobre FUTEBOL FEMININO no Brasil é complicado.

Se você não escreve publicidade sobre a modalidade,ou seja, só coisas agradáveis e positivas, você logo é mal visto.

Além disso você tem que tomar extremo cuidado ao abordar certos assuntos e as vezes nem abordá-los porque pessoas que se dizem profissionais país a fora adoram perseguir e coagir atletas, pais de atletas e até mesmo ameaçar blogueiros como já aconteceu comigo e com algumas outras pessoas.

Eu só não escrevo sobre determinados assuntos e as vezes deixo de entrevistar atletas pelo simples fato de querer preservar pessoas que não tem nada a ver com o perfil desses sem caráter que vivem no futebol feminino. Porém adianto que espero que certas atitudes que acontecem por aí como perseguição a atleta pelo simples fato delas cobrarem o que é direito e justo PARE!

As atletas tem todo o direito de questionar, cobrar, relatar e comentar situações que acontecem em seus clubes e querendo ou não A OBRIGAÇÃO DOS PROFISSIONAIS é escutar, entender, se corrigir e buscar o melhor para as atletas, o trabalho e o clube...

DÁ PARA PARAR DE SE PREOCUPAREM COM O PRÓPRIO UMBIGO, SENHORES "PROFISSIONAIS"?

Ao invés de se ofenderem com críticas deveriam vê-las como oportunidades de crescimento e melhoria. 

Escutem atletas, seus parentes e terceiros, sejam humildes em assumir erros, pedir desculpas! APRENDAM A SER TRANSPARENTES!

E ao invés de ficaren putos da vida com o que ouvem e lêem procurem se preocupar em serem técnicos melhores e mais completos, preparadores físicos que realmente entendem do que estão fazendo, auxiliares melhores e preparadores de goleiras mais competentes. Eu falo isso porque existe muito trabalho que precisa melhorar... e como tem! E isso vale pra dirigentes também viu!

E alguns vão argumentar que tudo isso é bobagem, palavras vazias de quem não entende nada, ou ainda afirmar que o texto é bom, as palavras são verdadeiras e que conhecem muita gente que precisa melhorar PORÉM DIRÃO QUE NÃO SE ENCAIXAM neste perfil porque suas atletas não reclamam de seu trabalho no clube ou projeto onde você está. 

E eu pergunto: A ATLETA NÃO RECLAMA DO SEU TRABALHO POR QUE VOCÊ É BOM OU POR QUE VOCÊ SE ENCAIXA PERFEITAMENTE NO PERFIL CITADO NESSE TEXTO?

Uma atleta só vai falar com seu comandante ou com um profissional do corpo técnico se ela tiver confiança e espaço pra isso. E amigos CONFIANÇA É ALGO QUE SE CONQUISTA e isso depende das suas atitudes como pessoa e profissional diante de suas atletas.

Caros profissionais, se elas não confiam em vocês é porque vocês não conquistaram a confiança delas, então vamos rever atitudes e comportamentos???? Isso é o alerta de que tem algo errado então desçam do pedestal em que se colocaram se achando os melhores porque acho que estão se perdendo ou já se perderam.

Mudanças de postura tendem a favorecer a todos. A modalidade ganha, atletas ganham, a qualidade dos trabalhos ganha, e a imagem dos profissionais GANHA MUITOOOO!

Lembrem-se que o real problema da modalidade nunca foi investimento e sim credibilidade e posso afirmar com certeza que a maioria dos vulgo profissionais do futebol feminino está desacreditada, sem credibilidade!

Culpa das atletas, dos jornalistas, blogueiros, dos parentes de atletas? Não, culpa das atitudes que vocês têm há anos e nunca tiveram vontade de mudar.

Menos ego, mais sinceridade, menos coação e mais trabalho de qualidade, menos eu acho e mais o que vocês acham.

Vocês não tem ideia de como assimilar só metade dessas palavras faria bem pra vocês porque hoje são raros os que se salvam!

E lembrem-se muito bem de que A CULPA É DE VOCÊS.

Comentários