Pular para o conteúdo principal

FUTEBOL FEMININO supera o masculino no Brasil. Entenda...


FUTEBOL FEMININO SUPERA O MASCULINO....Entenda

Falando só de 2014, as equipes da Ferroviária de Araraquara-SP e São José dos Campos-SP conquistaram títulos que muitos clubes de futebol masculino com muitos anos de atuação nunca conseguiram.

A Ferroviária conquistou a Copa do Brasil e o Brasileiro Feminino, São José conquistou a Copa Libertadores da América e o Mundial Feminino de Clubes no Japão.

E estamos falando só de 2014. Poderíamos falar dos clubes de futebol feminino que conquistaram os campeonatos estaduais em outros anos, além de Copa do Brasil, Libertadores e o Brasileiro.

A visibilidade alcançada com estes feitos é superior a visibilidade que muito clube masculino possui.

E digo mais: muitos clubes masculinos vão trabalhar por 10 anos, com investimentos de milhões de reais nestes 10 anos, e mesmo assim não alcançarão o patamar de prestígio e visibilidade que estes times femininos vem alcançando. Já o feminino alcança o topo do esporte com investimentos de 400 mil por ano! Chega a ser ridículo!

Quanto estes clubes femininos pagariam em publicidade/mídia para aparecer em TV, rádio, internet, jornais e revistas impressos e eletrônicos? Tem noção de como isso é grande?

E você, dirigente espertão e vivido, vai continuar dizendo que futebol feminino não dá retorno?

Acho melhor reverem seus conceitos e repensarem o poder do futebol feminino. É melhor investir 100 milhões de reais em 10 anos e não conquistar nenhum título de tamanha expressão ou investir no feminino e ter este inestimado retorno com MUITO menos?

É... vocês devem ter razão. Futebol feminino só dá prejuízo e nada de retorno!

A intenção com o texto e questionar a visão limitada dos gestores e dirigentes de clubes que sempre afirmam que não se investe no futebol feminino pela falta de retorno da modalidade, mostrando que a modalidade pode sim dar certo e que dá retorno de acordo com a forma que for trabalhada.

Comentários