Pular para o conteúdo principal

Brasileirão Feminino: Cadê o nível Técnico?

O nível técnico dos jogos e das jogadoras no Brasileirão Feminino está de mediano baixo para ruim.

Atletas técnica e fisicamente mal, inteligência de jogo quase nenhuma.

A intenção não é criticar e sim alertar porque pra dizer coisa bonita tem um monte, já pra apontar onde precisamos melhorar... 

O pior é que isso, essa deficiência, é um retrato do futebol feminino brasileiro como um todo (quase que generalizado mesmo... quase) que luta contra profissionais de clubes que acham que são muito bons e perpetuam essa mediocridade de nível porque não corrigem quando devem e não cobram mais e mais a cada dia de suas atletas.

O futebol feminino luta também contra as jogadoras, que por sua vez, acham que jogam muito mais do que elas realmente jogam. (Por favor, assistam os VTs de seus jogos!)

Jogadoras ou atletas? Ao que parece uma maioria de jogadoras despreocupadas com o seu baixo domínio de fundamentos básicos.

Nem mesmo jogadoras de seleção estão escapando e apresentando algo diferenciado.

Nos últimos jogos era triste olhar e não ter nenhuma atleta que apresentasse algo que fizesse pensar: "nossa, diferenciada! Precisa estar na seleção pra ontem!"

Todo esse cenário apresentado precisa mudar com urgência. Mais consciência, mais humildade e trabalho duro com disciplina dentro e fora de campo pra talvez nos fazer felizes em ver o futebol feminino na TV.

Hoje, o que estamos apresentando, não tem diferencial nenhum nem atrativo para garantir que deve ganhar espaço e ficar de vez na grade de programação das emissoras. 

E a culpa é de todo mundo...

Comentários