Pular para o conteúdo principal

E você achando que mulher não sabe jogar bola ou não entende de futebol

Em pleno 2017, quando uma mulher diz que gosta de futebol ou que são fanáticas pelo time "X" ainda precisam ouvir de muitos homens aquelas perguntas de "então qual é a regra só impedimento?" ou "diz então a escalação do time de 1960".

Além disso, as mulheres nos estádios não são vistas por muitos como torcedoras ou como consumidoras do esporte e sim como pedaços de carne ambulante que vão aos estádios para ouvir gracinhas, assobios ou para se medir qual time tem as mulheres "mais gatas".

Com a mulher profissional do esporte, seja ela uma jornalista ou uma atleta de futebol o pensamento de boa parte dos homens que consomem ou vivem do esporte (atletas, torcedores, dirigentes, profissionais da imprensa) também é esse de que a mulher está ali para se sujeitar a cantadas e comentários descabidos.

Já notaram que uma jogadora de futebol,  por exemplo, na maior parte das vezes em programas televisivos e reportagens para mídia online recebem mais perguntas e comentários sobre sua beleza do que sobre sua qualidade técnica e nível de jogo?

O Futebol Feminino, por exemplo, sofre constantes questionamentos sobre sua qualidade e a capacidade das mulheres em chutes, dribles, arrancadas e defesas.

Tudo isso é reflexo da cultura machista do brasileiro, onde a mulher precisa provar todos os dias suas capacidades e mesmo assim tem dificuldades para receber salários e alcançar espaços de forma igual ao dado aos homens.

As mulheres, sejam elas donas de casa, repórteres, engenheiras ou atletas, merecem mais respeito e é preciso entender que dentro ou fora das quatro linhas existem mulheres tão competentes e profissionais quanto muitos homens.

E pra aquela galerinha que diz que mulher não sabe jogar bola, se liga nos lances que buscamos pra vocês!

O vídeo é da galera do canal SportsHD no youtube!



Comentários