Pular para o conteúdo principal

Rene Simões pode estar de volta à Seleção Brasileira

O trabalho do técnico Vadão vem sofrendo, mesmo antes da Copa do Mundo da França, muitos questionamentos em relação ao desempenho que a Seleção Feminina demonstrou na fase de preparação. Foram 9 derrotas seguidas e pouca evolução tática e física. 

Após a Copa e a eliminação para a França nas oitavas, surgiu com força o nome de Rene Simões como possível e principal nome para substituir o treinador no comando da seleção feminina.

Rene é visto com bons olhos por muitos por ter sido o treinador que apresentou o melhor resultado da história da seleção feminina conquistando a primeira medalha olímpica da Seleção com apenas 6 meses de trabalho tendo ainda deixado um legado pronto para o Pan-Americano de 2007, onde o Brasil foi Campeão ao bater os EUA com o Maracanã lotado e ovacionando a seleção.

O treinador tem ainda o aval de grandes personalidades do jornalismo esportivo e também de profissionais e personalidades do futebol ligadas à CBF, tendo sido o nome do treinador muito bem aceito como nome para a função.

GESTÃO DE GRUPO E RESPEITO À FAVOR DO TREINADOR

A capacidade de gestão de grupo, o respeito dentro e fora das quatro linhas e o bom relacionamento do profissional em todas as esferas são pontos muito positivos à favor de seu retorno, ainda mais em um momento pós copa em que a declaração de Marta ainda ecoa por ter dado a entender que na seleção haviam meninas despreparadas ou descompromissadas.

Rene é o treinador com maior bagagem e força para comandar a seleção, gerir possíveis conflitos internos e realizar um planejamento para o próximo ciclo sem sofrer quaisquer pressões ou influências internas e externas quanto ao seu papel e comando da seleção feminina.



Comentários